Text page

Curso: Inspetor de Conformidade das Instalações Elétricas de Baixa Tensão de acordo com a NBR 5410

O objetivo principal desse treinamento é a atualização tecnológica de seus participantes, conforme a NBR 5410, pois as instalações elétricas de baixa tensão em edificações residenciais, comerciais e industriais devem ser padronizadas seguindo essa norma, visando garantir a qualidade, a segurança da instalação elétrica e de seus usuários tornando-a confiável.

27/08/2014 - Equipe Target

A inspeção de conformidade das instalações elétricas de baixa tensão

O curso Inspetor de Conformidade das Instalações Elétricas de Baixa Tensão de acordo com a NBR 5410, disponível pela internet, tem o objetivo principal de atualizar tecnologicamente seus participantes conforme a NBR 5410, pois, segundo leis nacionais como Código de Defesa do Consumidor e NR 10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade, as instalações elétricas de baixa tensão em edificações residenciais, comerciais e industriais devem ser padronizadas seguindo a NBR 5410 de 09/2004- Instalações elétricas de baixa tensão que estabelece as condições a que devem satisfazer as instalações elétricas de baixa tensão, a fim de garantir a segurança de pessoas e animais, o funcionamento adequado da instalação e a conservação dos bens. Estas leis visam garantir a qualidade, a segurança da instalação elétrica e de seus usuários tornando-a confiável.

Para atingir este nível de confiabilidade, a instalação elétrica deve obedecer aos preceitos da NBR 5410 desde sua concepção, projeto e eventuais reformas ou ampliações. A norma descreve em seu capítulo VII, “Verificação Final”, os procedimentos para inspeção (visual e execução de ensaios) a fim de verificar conformidade com suas e prescrições.

O Certificado de Inspeção é o documento que comprova que a instalação elétrica foi submetida a uma inspeção. Ele deve ser emitido por profissional habilitado e qualificado, que será responsável pela verificação de toda a instalação.

O curso Inspetor de Conformidade das Instalações Elétricas de Baixa Tensão de acordo com a NBR 5410 também está disponível nas instalações da Target, ou ao vivo através da Internet. Recursos de última geração permitem total aproveitamento mesmo à distância.

A situação das instalações elétricas de baixa tensão no Brasil sempre foi considerada crítica. O conjunto de componentes de uma instalação, formado por eletrodutos, condutores, conectores, disjuntores, interruptores, tomadas e outros dispositivos, tem uma influência significativa na qualidade do desempenho da instalação. No entanto, mesmo que sua qualidade individual seja assegurada, resta ainda a grande influência do serviço de construção da instalação. Nele deve ser avaliada a qualidade da mão de obra utilizada, além das condições tecnológicas do instalador.

A norma técnica de referência principal, a NBR 5410 prevê em seus requisitos a realização de inspeção visual e de ensaios na instalação montada, de modo que o desempenho do conjunto possa ser avaliado. É importante que, em algum momento, sejam registrados os dados e a própria história desse processo incessante e que esperamos que tenha um final feliz para evitar que se trilhem os mesmos caminhos que não foram de sucesso e se evitem os mesmos erros.

Quanto aos materiais e componentes das instalações, a primeira portaria do Inmetro instituindo a certificação compulsória de produtos elétricos data de 1992, aplicável aos condutores elétricos de cobre, isolados com PVC para tensões de até 750 V e que só entrou efetivamente em vigor em 1996. Depois disso, foi publicada uma série de portarias aplicáveis aos demais materiais de instalação e que a partir de janeiro de 2002 entraram em vigor, criando as condições de controle do nível da qualidade de todos os componentes.

Durante a realização da inspeção e dos ensaios, devem ser tomadas precauções que garantam a segurança das pessoas e dos animais, bem como não produza danos à propriedade tão pouco aos equipamentos instalados. Isto significa que os ensaios devem ter como cuidado a não danificação dos componentes, e o cuidado, na aplicação de uma alta tensão por exemplo, não colocar em risco a segurança de pessoas e animais.

A outra recomendação diz respeito ao caso de uma ampliação e/ou reforma. Como este item é realizado a partir de uma instalação elétrica já instalada, os cuidados para que esta ampliação ou reforma não danifiquem a instalação já existente devem ser levados em consideração. Como exemplo, podemos citar a construção de um circuito para a ligação de um chuveiro elétrico, a partir da instalação já existente, porém a capacidade desta instalação não comporta a carga de mais um chuveiro. Quem vai verificar? O item 7.1.5 da NBR 5410 determina que as verificações devem ser realizadas por profissionais qualificados, com experiência e competência em inspeções.

Isto significa que somente os profissionais que possuam curso reconhecido pelo sistema de ensino poderão realizar uma verificação formalmente e emitir relatórios e laudos. Este relatório deve fazer parte da documentação da instalação elétrica. Porém, uma verificação com intuito de comprovação da segurança, sem finalidades comerciais, jurídicas ou outro qualquer propósito, se não a verificação pura e simplesmente, pode ser realizada por qualquer pessoa, desde que tenha conhecimento dos itens verificados.

Antes de qualquer teste ou ensaio, seja com a instalação energizada ou não, deve ser efetuada uma verificação visual. Esta inspeção permite verificar se todos os componentes que constituem a instalação elétrica estão de acordo com as normas de cada componente e se possuem certificação pelos órgãos competentes. Além disso, permite a verificação da implementação das medidas de proteção e segurança, além de outras ações que fazem com que a instalação elétrica esteja construída de forma segura e com qualidade.

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Cabos de potência com isolação extrudada de borracha etilenopropileno (EPR, HEPR ou EPR 105) para tensões de 1 kV a 35 kV - Requisitos de desempenho
NBR7286 de 05/2022

Cabos de potência com isolação extrudada de borracha etilenopropileno (EPR, HEPR ou EPR 105) para tensões de 1 kV a 35 kV - Requisitos de desempenho

Cabos de potência com isolação sólida extrudada de cloreto de polivinila (PVC) ou polietileno (PE) para tensões de 1 kV a 6 kV - Especificação
NBR7288 de 10/2018

Cabos de potência com isolação sólida extrudada de cloreto de polivinila (PVC) ou polietileno (PE) para tensões de 1 kV a 6 kV - Especificação

Proteção elétrica e compatibilidade eletromagnética em redes internas de telecomunicações em edificações - Projeto
NBR14306 de 12/2015

Proteção elétrica e compatibilidade eletromagnética em redes internas de telecomunicações em edificações - Projeto

Plugues e tomadas para uso doméstico e análogo até 20 A/250 V em corrente alternada - Padronização
NBR14136 de 09/2012

Plugues e tomadas para uso doméstico e análogo até 20 A/250 V em corrente alternada - Padronização

Disjuntores para proteção de sobrecorrentes para instalações domésticas e similares (IEC 60898:1995, MOD)
NBRNM60898 de 07/2004

Disjuntores para proteção de sobrecorrentes para instalações domésticas e similares (IEC 60898:1995, MOD)

Eletroduto de PVC rígido
NBR6150 de 07/2007

Eletroduto de PVC rígido

Linhas elétricas pré-fabricadas (barramentos blindados) de baixa tensão – Requisitos para instalação
NBR16019 de 12/2011

Linhas elétricas pré-fabricadas (barramentos blindados) de baixa tensão – Requisitos para instalação

Instalações elétricas de baixa tensão - Requisitos específicos para instalação em estabelecimentos assistenciais de saúde
NBR13534 de 01/2008

Instalações elétricas de baixa tensão - Requisitos específicos para instalação em estabelecimentos assistenciais de saúde

Plugues e tomadas para uso doméstico e análogo - Especificação
NBR6147 de 11/2004

Plugues e tomadas para uso doméstico e análogo - Especificação

Aceitação de lotes de medidores eletrônicos de energia elétrica — Procedimento
NBR14521 de 11/2011

Aceitação de lotes de medidores eletrônicos de energia elétrica — Procedimento

Vocabulário eletrotécnico internacional - Capítulo 826: Instalações elétricas em edificações
NBRIEC60050(826) de 05/2012

Vocabulário eletrotécnico internacional - Capítulo 826: Instalações elétricas em edificações

Cabeamento estruturado residencial
NBR16264 de 11/2016

Cabeamento estruturado residencial

Dispositivos-fusíveis de baixa tensão - Parte 1: Requisitos gerais
NBRIEC60269-1 de 05/2012

Dispositivos-fusíveis de baixa tensão - Parte 1: Requisitos gerais

Eletroduto de aço-carbono e acessórios, com revestimento protetor e rosca NPT — Requisitos
NBR5597 de 09/2013

Eletroduto de aço-carbono e acessórios, com revestimento protetor e rosca NPT — Requisitos

Instalações elétricas em locais de afluência de público — Requisitos específicos
NBR13570 de 12/2021

Instalações elétricas em locais de afluência de público — Requisitos específicos

Eletroduto de aço-carbono e acessórios, com revestimento protetor e rosca BSP — Requisitos
NBR5598 de 09/2013

Eletroduto de aço-carbono e acessórios, com revestimento protetor e rosca BSP — Requisitos

Eletroduto rígido de aço-carbono, com costura, com revestimento protetor e rosca ABNT NBR 8133 — Requisitos
NBR5624 de 12/2011

Eletroduto rígido de aço-carbono, com costura, com revestimento protetor e rosca ABNT NBR 8133 — Requisitos

Dispositivo de manobra e comando de baixa tensão - Parte 2: Disjuntores
NBRIEC60947-2 de 11/2013

Dispositivo de manobra e comando de baixa tensão - Parte 2: Disjuntores

Medidores eletrônicos de energia elétrica – Método de ensaio
NBR14520 de 11/2011

Medidores eletrônicos de energia elétrica – Método de ensaio

Dispositivos-fusíveis de baixa tensão - Parte 3: Requisitos suplementares para uso por pessoas não qualificadas (principalmente para aplicações domésticas e similares)
NBRIEC60269-3 de 05/2012

Dispositivos-fusíveis de baixa tensão - Parte 3: Requisitos suplementares para uso por pessoas não qualificadas (principalmente para aplicações domésticas e similares)

Cabos de potência com isolação extrudada de polietileno termofixo (XLPE) para tensão de 0,6/1 kV - Sem cobertura - Requisitos de desempenho
NBR7285 de 03/2016

Cabos de potência com isolação extrudada de polietileno termofixo (XLPE) para tensão de 0,6/1 kV - Sem cobertura - Requisitos de desempenho

Cálculo da capacidade de condução de corrente de cabos isolados em regime permanente (fator de carga 100%) - Procedimento
NBR11301 de 09/1990

Cálculo da capacidade de condução de corrente de cabos isolados em regime permanente (fator de carga 100%) - Procedimento

Iluminância de interiores
NBR5413 de 03/2013

Iluminância de interiores

Cabos resistentes ao fogo para instalações de segurança - Requisitos de desempenho -
NBR13418 de 05/2022

Cabos resistentes ao fogo para instalações de segurança - Requisitos de desempenho -

Cabos e cordões flexíveis para tensões até 750 V - Especificação
NBR13249 de 04/2009

Cabos e cordões flexíveis para tensões até 750 V - Especificação

Fios e cabos de cobre duro e meio duro com ou sem cobertura protetora para instalações aéreas
NBR6524 de 10/1998

Fios e cabos de cobre duro e meio duro com ou sem cobertura protetora para instalações aéreas

Cabos de potência e condutores isolados sem cobertura, não halogenados e com baixa emissão de fumaça, para tensões até 1 kV - Requisitos de desempenho
NBR13248 de 09/2014

Cabos de potência e condutores isolados sem cobertura, não halogenados e com baixa emissão de fumaça, para tensões até 1 kV - Requisitos de desempenho

Redes telefônica internas em prédios - Terminologia
NBR13300 de 09/2010

Redes telefônica internas em prédios - Terminologia

Disjuntores de baixa tensão
NBR5361 de 07/2006

Disjuntores de baixa tensão

Dispositivos-fusíveis de baixa tensão - Parte 2: Requisitos adicionais para dispositivo-fusível para uso por pessoas autorizadas (dispositivos-fusíveis principalmente para aplicação industrial)
NBRIEC60269-2 de 05/2012

Dispositivos-fusíveis de baixa tensão - Parte 2: Requisitos adicionais para dispositivo-fusível para uso por pessoas autorizadas (dispositivos-fusíveis principalmente para aplicação industrial)

Dispositivos-fusíveis de baixa tensão - Parte 3-1: Requisitos suplementares para dispositivos-fusíveis para uso por pessoas não qualificadas (dispositivos-fusíveis para uso principalmente doméstico e similares) - Seções I a IV
NBRIEC60269-3-1 de 12/2017

Dispositivos-fusíveis de baixa tensão - Parte 3-1: Requisitos suplementares para dispositivos-fusíveis para uso por pessoas não qualificadas (dispositivos-fusíveis para uso principalmente doméstico e similares) - Seções I a IV

Instalações elétricas em atmosferas explosivas
NBR5418 de 08/2007

Instalações elétricas em atmosferas explosivas

Proteção de estruturas contra descargas atmosféricas
NBR5419 de 05/2015

Proteção de estruturas contra descargas atmosféricas

Cabos de potência com isolação extrudada de polietileno reticulado (XLPE) para tensões de 1 kV a 35 kV — Requisitos de desempenho
NBR7287 de 01/2019

Cabos de potência com isolação extrudada de polietileno reticulado (XLPE) para tensões de 1 kV a 35 kV — Requisitos de desempenho