Text page

O desempenho das lâmpadas LED com dispositivo de controle incorporado

Quais são as variações permitidas dentro de uma família? Qual é o fator de deslocamento das lâmpadas LED com dispositivo de controle integrado? Qual o valor de intensidade luminosa máxima? Quais são as coordenadas de cromaticidade padronizadas? Esses questionamentos estão sendo exibidos na NBR IEC 62612 de 06/2022 - Lâmpadas LED com dispositivo de controle incorporado para serviços de iluminação geral com tensões de alimentação > 50 V - Requisitos de desempenho.

22/06/2022 - Equipe Target

NBR IEC 62612 de 06/2022 - Lâmpadas LED com dispositivo de controle incorporado para serviços de iluminação geral com tensões de alimentação > 50 V - Requisitos de desempenho

A NBR IEC 62612 de 06/2022 - Lâmpadas LED com dispositivo de controle incorporado para serviços de iluminação geral com tensões de alimentação > 50 V - Requisitos de desempenho especifica os requisitos de desempenho para lâmpadas LED com dispositivo de controle incorporado, juntamente com os métodos de ensaio e condições requeridas, previstas para iluminação geral e uso doméstico e similar, tendo: a potência nominal de até 60 W; a tensão nominal maior que 50 V CA até 250 V CA; e as bases da lâmpada de acordo com a NBR IEC 62560. Estes requisitos de desempenho são adicionais aos requisitos de segurança da NBR IEC 62560.

A única característica fornecida por esta norma, quando aplicada em propósitos de substituição, é a informação de dimensionais externos máximos da lâmpada. Os requisitos desta norma se referem aos ensaios de tipo. Esta norma abrange lâmpadas de LED com dispositivo de controle incorporado que produzam intencionalmente luz branca, baseado em LED inorgânicos.

As recomendações para ensaios em produtos acabados ou ensaios de lote estão sob consideração. A vida útil das lâmpadas LED é, na maioria dos casos, muito mais longa do que os tempos de ensaio prático. Consequentemente, as verificações das declarações de tempo de vida do fabricante não podem ser feitas de uma forma suficientemente confiável, porque a projeção de dados de ensaio no tempo não é padronizada.

Por esse motivo, a aceitação ou rejeição de uma reivindicação de tempo de vida do fabricante, após um tempo operacional conforme declarado, está fora do escopo desta norma. Em vez de validação de tempo de vida, esta norma optou por códigos de manutenção de fluxo luminoso em um tempo de ensaio finito definido.

Portanto, o número do código não implica uma previsão do tempo de vida alcançável. As categorias, representadas pelo código, são categorias de caracteres de depreciação luminosa que mostram um comportamento de acordo com as informações do fabricante, fornecidas antes do início do ensaio. A fim de validar uma declaração de vida, existem vários métodos de extrapolação de dados de ensaio.

Um método geral de projetar dados de medição além do tempo de ensaio limitado está sendo considerado. O critério de aprovação/reprovação do ensaio de tempo de vida conforme definido nesta norma é diferente das métricas de tempo de vida declaradas pelos fabricantes. Para obter uma explicação das métricas de tempo de vida recomendadas, consultar o Anexo E.

Quando as lâmpadas são instaladas em uma luminária, os dados de desempenho declarados podem divergir dos valores estabelecidos por meio desta norma devido a componentes da luminária que afetam o desempenho da lâmpada. Pode-se esperar que as lâmpadas LED com dispositivo de controle incorporado, que estejam em conformidade com esta norma, iniciem e operem satisfatoriamente com tensões entre 92% e 106% da tensão de alimentação nominal e a uma temperatura do ar ambiente entre ? 20 °C e 40 °C, e em uma luminária em conformidade com a NBR IEC 60598-1.

Se um fornecedor declarar adequação para funcionamento em diferentes condições (por exemplo em alta-tensão, temperatura ou umidade), então: as lâmpadas devem ser ensaiadas nas diferentes condições declaradas; e as lâmpadas devem iniciar e operar satisfatoriamente nas diferentes condições declaradas; e as lâmpadas devem atender às condições declaradas de desempenho nas diferentes condições declaradas, as quais podem diferir das condições gerais de medição especificadas em A.1.

Acesse algumas dúvidas relacionadas a essa norma GRATUITAMENTE no Target Genius Respostas Diretas:

Quais são as variações permitidas dentro de uma família?

Qual é o fator de deslocamento das lâmpadas LED com dispositivo de controle integrado?

Qual o valor de intensidade luminosa máxima?

Quais são as coordenadas de cromaticidade padronizadas?

As lâmpadas LED para as quais a conformidade com esta norma é requerida devem estar em conformidade com os requisitos da norma de segurança NBR IEC 62560 aplicável. Para medição das características da lâmpada, ver o Anexo A. Os requisitos para lâmpadas LED individuais se aplicam a 95% da população de produção.

Para conformidade com os requisitos de compatibilidade eletromagnética (EMC), é feita referência aos requisitos regionais. Para normas aplicáveis, ver a Bibliografia. Em adição à NBR IEC 62560, as seguintes informações da tabela abaixo devem ser fornecidas pelo fabricante ou fornecedor responsável.

Clique na imagem acima para uma melhor visualização

As dimensões da lâmpada LED devem satisfazer aos requisitos indicados pelo fabricante ou fornecedor responsável. Os contornos da lâmpada LED não podem exceder os da lâmpada a ser substituída (ver também IEC 60630).

Se a própria luminária ou qualquer cobertura (se aplicável) não interferir nas as dimensões das lâmpadas LED, essas lâmpadas também são adequadas para substituição. A conformidade é verificada por inspeção. A duração do ensaio é de 25% da vida útil nominal até um máximo de 6.000 h.

Lâmpadas LED adicionais dentro da mesma família podem ser submetidas a uma duração de ensaio reduzida. Para lâmpadas LED que usam módulos LED em que a conformidade com a IEC 62717 tenha sido demonstrada, a duração do ensaio de 25% da vida útil nominal até um máximo de 6.000 h pode ser evitada, desde que o módulo LED opere em seus limites de temperatura e corrente como ensaiado de acordo com a IEC 62717.

Os dados de cromaticidade e manutenção do fluxo luminoso em 25% da vida nominal, máximo de 6.000 h do relatório de ensaio da IEC 62717, devem ser obtidos e usados para cumprir os requisitos de valores mantidos de 10.1 e 11.2, respectivamente. Alternativamente, os dados de ensaio da ANSI/IES LM-80-15 devem ser usados para a derivação dos valores mantidos em 25% da vida nominal, máximo de 6.000 h, juntamente com os respectivos critérios de conformidade, conforme especificado no Anexo G.

As condições de ensaio das características elétricas e fotométricas, manutenção do fluxo luminoso e vida útil são fornecidas no Anexo A. Todos os ensaios são realizados em n lâmpadas LED do mesmo tipo. O número n deve ser um mínimo de produtos, conforme indicado na Tabela 6 disponível na norma. As lâmpadas LED usadas nos ensaios de resistência não devem ser usadas em outros ensaios. As lâmpadas LED com controle de emissão de luz devem ser ajustadas para a saída máxima em todos os ensaios. As lâmpadas LED com ponto de cor ajustável devem ser reguladas/ajustadas para um valor fixo conforme indicado pelo fabricante ou fornecedor responsável.

As famílias de lâmpadas foram criadas com o objetivo de orientar os fabricantes de lâmpadas LED para projetos de plataforma e, assim, permitir a possibilidade de usar dados do produto de base existente, que já tenha sido testado por um período operacional. O produto de base é considerado a primeira lâmpada LED em conformidade com esta norma e designada para fazer parte da família. Cada família de lâmpadas LED requer uma consideração caso a caso. Convém que a gama de lâmpadas LED seja fabricada pelo mesmo fabricante, sob o mesmo sistema de garantia de qualidade.

As variações do tipo da faixa (por exemplo, temperatura de cor correlacionada TCC) devem ser essencialmente idênticas em relação aos materiais usados, componentes e construção aplicada. Amostras de ensaio de tipo devem ser selecionadas com a cooperação do fabricante e do laboratório de ensaio.

As seguintes características de desempenho dos membros de uma família no início e após o tempo de ensaio reduzido devem estar de acordo com os valores fornecidos pelo fabricante ou vendedor responsável pela lâmpada: coordenadas de cromaticidade, índice de reprodução de cor, código de manutenção do fluxo luminoso, e resultados do ensaio de vida operacional acelerado. A documentação das informações deve ser fornecida ao laboratório de ensaio no arquivo técnico do fabricante.

Para todas as unidades ensaiadas em uma amostra, os valores medidos de uma lâmpada LED (o valor inicial e o valor mantido) não podem ultrapassar os valores indicados pelo fabricante ou fornecedor responsável. Os valores medidos devem ser da mesma categoria ou código que os valores fornecidos ou melhores. Todas as lâmpadas LED em uma amostra devem passar no ensaio.

FONTE: Equipe Target

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Lâmpadas fluorescentes tubulares para iluminação geral
NBRIEC60081 de 07/1997

Lâmpadas fluorescentes tubulares para iluminação geral

Dispositivo de controle eletrônico da lâmpada - Parte 2-13: Requisitos particulares para dispositivos de controle eletrônicos alimentados em c.c ou c.a para os módulos de LED
NBRIEC61347-2-13 de 12/2020

Dispositivo de controle eletrônico da lâmpada - Parte 2-13: Requisitos particulares para dispositivos de controle eletrônicos alimentados em c.c ou c.a para os módulos de LED

Lâmpadas LED sem dispositivo de controle incorporado de base única - Parte 1: Requisitos de segurança
NBR16205-1 de 08/2013

Lâmpadas LED sem dispositivo de controle incorporado de base única - Parte 1: Requisitos de segurança

Lâmpadas LED com dispositivo de controle incorporado para serviços de iluminação geral com tensões de alimentação > 50 V - Requisitos de desempenho
NBRIEC62612 de 06/2022

Lâmpadas LED com dispositivo de controle incorporado para serviços de iluminação geral com tensões de alimentação > 50 V - Requisitos de desempenho

Luminárias - Parte 2: Requisitos particulares - Capítulo 1: Luminárias fixas para uso em iluminação geral
NBRIEC60598-2-1 de 07/2012

Luminárias - Parte 2: Requisitos particulares - Capítulo 1: Luminárias fixas para uso em iluminação geral

Luminárias - Parte 2: Requisitos Particulares - Capítulo 19: Luminárias para sistemas de ar-condicionado (requisitos de segurança)
NBRIEC60598-2-19 de 12/1999

Luminárias - Parte 2: Requisitos Particulares - Capítulo 19: Luminárias para sistemas de ar-condicionado (requisitos de segurança)

Luminárias - Parte 2-22: Requisitos particulares - Luminárias para iluminação de emergência
NBRIEC60598-2-22 de 12/2018

Luminárias - Parte 2-22: Requisitos particulares - Luminárias para iluminação de emergência

Dispositivo de controle eletrônico c.c. ou c.a. para módulos de LED — Requisitos de desempenho
NBR16026 de 01/2012

Dispositivo de controle eletrônico c.c. ou c.a. para módulos de LED — Requisitos de desempenho

Iluminação geral - LED e módulos de LED - Termos e definições
NBRIEC62504 de 09/2021

Iluminação geral - LED e módulos de LED - Termos e definições

Lâmpadas LED sem dispositivo de controle incorporado de base única - Parte 2: Requisitos de desempenho
NBR16205-2 de 08/2013

Lâmpadas LED sem dispositivo de controle incorporado de base única - Parte 2: Requisitos de desempenho

Módulos de LED para iluminação em geral - Especificações de segurança
NBRIEC62031 de 06/2022

Módulos de LED para iluminação em geral - Especificações de segurança

Desempenho de luminárias - Parte 2-1: Requisitos particulares para luminárias LED
NBRIEC62722-2-1 de 05/2016

Desempenho de luminárias - Parte 2-1: Requisitos particulares para luminárias LED

Dispositivo de controle da lâmpada - Parte 2-12: Requisitos particulares para dispositivos de controle eletrônicos alimentados em c.c ou a.c. para lâmpadas de descarga (exceto fluorescentes)
NBRIEC61347-2-12 de 08/2013

Dispositivo de controle da lâmpada - Parte 2-12: Requisitos particulares para dispositivos de controle eletrônicos alimentados em c.c ou a.c. para lâmpadas de descarga (exceto fluorescentes)

Lâmpadas LED com dispositivo de controle incorporado para serviços de iluminação geral para tensão > 50 V — Especificações de segurança
NBRIEC62560 de 10/2021

Lâmpadas LED com dispositivo de controle incorporado para serviços de iluminação geral para tensão > 50 V — Especificações de segurança

Luminárias - Parte 1: Requisitos gerais e ensaios
NBRIEC60598-1 de 11/2010

Luminárias - Parte 1: Requisitos gerais e ensaios