Text page

ACI 371R: guia para análise, projeto e construção de tanques elevados de concreto e compósito de concreto e ação para armazenamento de água

Esse guia, editado em 2016 pelo American Concrete Institute (ACI), traz as recomendações para a análise, o projeto e a construção de tanques de armazenamento de água de concreto elevados, incluindo tanques de compósitos concreto e aço, consistindo em um recipiente de armazenamento de água de aço apoiado em um cilíndrico reforçado em pedestal de concreto.

12/10/2016 - Equipe Target

Tanques elevados de concreto ou de compósito concreto/aço para água

A ACI 371R:2016 - Guide for the Analysis, Design, and Construction of Elevated Concrete and Composite Steel - Concrete Water Storage Tanks fornece recomendações para o projeto e a construção de tanques de armazenamento de água apoiados em concreto e de compósito concreto e aço, com base em práticas utilizadas em projetos bem-sucedidos. Os tanques elevados são utilizados por cidades e indústrias para o fornecimento de água potável e proteção contra incêndio.

Os tanques são comumente construídos em capacidades que variam de 500.000 até 3.000.000 gal (1.900 a 11.000 m³). Já o pedestal de concreto podem ter alturas variáveis de 25 a 200 pés (8 a 60 m), dependendo dos requisitos do sistema de água e da elevação local. O interior do pedestal de concreto pode ser usado para o armazenamento de material e equipamento, espaço para escritórios e outras aplicações.

Conteúdo da norma

CAPÍTULO 1-GERAL

1.1 Introdução

1.2 Escopo

1.3 Documentos da construção

1.4 Amostra de fotos do tanque

CAPÍTULO 2 NUMERAÇÃO E DEFINIÇÕES

2.1 Numeração

2.2 Definições

CAPÍTULO 3 Matérias-primas

3.1 Os materiais comuns a ambos os tipos de tanques de compósitos e de concreto

3.2 Os materiais específicos para tanques de compósitos

3.3 Os materiais específicos para tanques de concreto

CAPÍTULO 4 PROJETO

4.1 Recomendações gerais comuns a ambos os tipos de tanques de compósitos e concreto

4.2 Recomendações de carga comuns a ambos os tipos de tanques de compósitos e de concreto

4.3 Projetos de componentes comuns a ambos os tipos de tanques de compósitos e de concreto

4.4 Projeto de componentes específicos para tanques de compósitos

4,5 Projeto de componentes específicos para tanques de concreto

CAPÍTULO 5 CONSTRUÇÃO

5.1 Construção comuns a ambos os tipos de tanques de compósitos e de concreto

5.2 Construção específica para tanques de compósitos

5.3 Construção específica para tanques de concreto

Capítulo 6 RECOMENDAÇÕES GEOTÉCNICAS

6.1 Geral

6.2 Profundidade da fundação

6.3 Limites de assentamento

6.4 Fundações rasas

6.5 Fundações profundas

6.6 Recomendações sísmicas

6.7 Considerações especiais

CAPÍTULO 7 APARATOS E ACESSÓRIOS

7.1 Geral

7.2 Acesso ao pedestal

7.3 Ventilação

7.4 Acesso ao tanque

7.5 Dispositivos de armação para o recipiente de aço

7.6 Tubulação acima do solo

7.7 Tubulação abaixo do solo

7.8 Pisos internos no pedestal

7.9 Elétrica e iluminação

Capítulo 8 REFERÊNCIAS

Referências de autores

ANEXO A GUIA DE SUPLEMENTO

Prefácio

A.1 Projeto de pressões de vento

A.2 Compósito de do tanque de concreto e vibração de derivação

A.3 Pedestal: derivação capacidade de carga vertical

Desde os anos 70, o concreto vem sendo usado na construção de pedestal para tanques de armazenamento de água elevados na América do Norte com aço e para armazenar água, como um suporte de concreto para a sua estrutura. O termo genérico tanque elevado de compósito é frequentemente usado para descrever tanques com esta configuração.

Alguns tanques elevados todo de concreto foram construídos nos Estados Unidos ao longo do século passado, bem como alguns tanques pré-reforçado levantado no local. Os tanques elevados pós-tensionados, conforme detalhados neste guia, têm uma longa história na Europa e foram introduzidos no mercado dos EUA na década de 1990.

Os tanques de concreto elevados e de compósito são comercializados competitivamente como equipamentos completos, incluindo o projeto, e são construídos no âmbito de contratos de concepção e construção usando os projetos proprietários, detalhes e métodos de construção. Os projetos, no entanto, são frequentemente revistos pelos proprietários e seus engenheiros de consultoria, tanto em cidades como em indústrias.

Os tanques elevados projetados e construídos de acordo com as recomendações deste guia deverão ter estruturas duráveis que requerem apenas manutenção de rotina. Os detalhes de superfícies do concreto que promovem a boa drenagem e deve-se evitar áreas baixas, propícias para inundações e, essencialmente, eliminar os problemas associados com a congelamento e descongelamento cíclicos do concreto fresco em climas frios. A qualidade do concreto para tanques elevados neste guia deve cumprir os requisitos para se tornar durável como definido na ACI 201.2R. Deve ter resistência adequada, uma baixa relação de materiais de cimento-água (w/cm) e entrada de ar para a exposição de neve ou geada.

A estrutura de apoio em concreto deve suportar cargas que são principalmente à compressão com pouca ou nenhuma alteração cíclicas, com inversão de estresse. Os documentos de construção devem mostrar todas as características do trabalho, incluindo: a capacidade do tanque, os códigos e as normas utilizadas no projeto são à base do desenvolvimento do projeto e das cargas utilizadas, o tamanho e a posição dos componentes estruturais e os reforços, os detalhes estruturais e a especificação da resistência do concreto.

FONTE: Equipe Target

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Tanque estacionário rotomoldado em polietileno (PE) para acondicionamento de águas - Requisitos e métodos de ensaio
NBR15682 de 02/2009

Tanque estacionário rotomoldado em polietileno (PE) para acondicionamento de águas - Requisitos e métodos de ensaio

Medidores para água potável fria e água quente - Parte 1: Requisitos técnicos e metrológicos
NBR16043-1 de 02/2021

Medidores para água potável fria e água quente - Parte 1: Requisitos técnicos e metrológicos

Reservatório de fibrocimento para água potável - Requisitos
NBR5649 de 04/2006

Reservatório de fibrocimento para água potável - Requisitos

Reservatório com corpo em polietileno, com tampa em polietileno ou em polipropileno, para água potável de volume nominal até 3 000 L (inclusive) - Transporte, manuseio, instalação, operação, manutenção e limpeza
NBR14800 de 11/2018

Reservatório com corpo em polietileno, com tampa em polietileno ou em polipropileno, para água potável de volume nominal até 3 000 L (inclusive) - Transporte, manuseio, instalação, operação, manutenção e limpeza

Reservatório com corpo em polietileno, com tampa em polietileno ou em polipropileno, para água potável de volume nominal até 3 000 L (inclusive) - Requisitos e métodos de ensaio
NBR14799 de 11/2018

Reservatório com corpo em polietileno, com tampa em polietileno ou em polipropileno, para água potável de volume nominal até 3 000 L (inclusive) - Requisitos e métodos de ensaio

Reservatório de fibrocimento para água potável - Verificação da estanqueidade e determinação dos volumes útil e efetivo
NBR5650 de 04/2006

Reservatório de fibrocimento para água potável - Verificação da estanqueidade e determinação dos volumes útil e efetivo

Medidores para água potável fria e água quente - Parte 2: Métodos de ensaio
NBR16043-2 de 02/2021

Medidores para água potável fria e água quente - Parte 2: Métodos de ensaio

Projeto de estação de tratamento de água para abastecimento público - Procedimento
NBR12216 de 04/1992

Projeto de estação de tratamento de água para abastecimento público - Procedimento

Reservatório de fibrocimento para água potável - Estocagem, montagem e manutenção
NBR13194 de 04/2006

Reservatório de fibrocimento para água potável - Estocagem, montagem e manutenção

Medidores para água potável fria e água quente - Parte 3: Requisitos não metrológicos não abrangidos pela ABNT NBR 16043-1
NBR16043-3 de 02/2021

Medidores para água potável fria e água quente - Parte 3: Requisitos não metrológicos não abrangidos pela ABNT NBR 16043-1

Sistemas para distribuição e adução de água e transporte de esgotos sob pressão — Requisitos para reparo de tubulação de polietileno PE 80 e PE 100
NBR15979 de 09/2011

Sistemas para distribuição e adução de água e transporte de esgotos sob pressão — Requisitos para reparo de tubulação de polietileno PE 80 e PE 100

Projeto de reservatório de distribuição de água para abastecimento público - Procedimento
NBR12217 de 07/1994

Projeto de reservatório de distribuição de água para abastecimento público - Procedimento

Reservatório de poliéster, reforçado com fibra de vidro, para água potável para abastecimento de comunidades de pequeno porte - Especificação
NBR8220 de 01/2015

Reservatório de poliéster, reforçado com fibra de vidro, para água potável para abastecimento de comunidades de pequeno porte - Especificação

Atividades relacionadas aos serviços de água potável e de esgoto - Diretrizes para a gestão dos prestadores de serviços de água e para a avaliação dos serviços de água potável
NBRISO24512 de 12/2012

Atividades relacionadas aos serviços de água potável e de esgoto - Diretrizes para a gestão dos prestadores de serviços de água e para a avaliação dos serviços de água potável

Reservatório de aço inoxidável para água potável
NBR14863 de 08/2012

Reservatório de aço inoxidável para água potável

Reservatório de poliéster reforçado com fibra de vidro para água potável - Requisitos e métodos de ensaio
NBR13210 de 12/2005

Reservatório de poliéster reforçado com fibra de vidro para água potável - Requisitos e métodos de ensaio