Text page

BS EN 10088: as especificações europeias para os aços inoxidáveis

Publicada em três partes, essas normas europeias listam a composição química dos aços inoxidáveis, especifica as condições técnicas de fornecimento de folha/placa e as faixa de classes padrão e classes especiais, e especifica as condições técnicas de fornecimento de produtos semiacabados, barras, fios, perfis e produtos de classes padrão e especiais.

28/01/2015 - Equipe Target

Aços inoxidáveis

A BS EN 10088-1:2014 - Stainless steels. List of stainless steel é uma norma europeia que enumera a composição química dos aços inoxidáveis, que são subdivididas de acordo com as suas principais propriedades para resistir à corrosão, ao calor e à fluência aços. A BS EN 10088-2:2014 - Stainless steels. Technical delivery conditions for sheet/plate and strip of corrosion resisting steels for general purposes especifica as condições técnicas de fornecimento para a folha/placa e faixa de classes padrão e classes especiais de resistir à corrosão dos aços inoxidáveis para fins gerais à quente ou a frio. Esta norma inclui as informações vitais para os fabricantes de equipamentos de restauração, fabricantes de talheres, e os fabricantes de construção, decoração. A BS EN 10088-3:2014 - Stainless steels. Technical delivery conditions for semi-finished products, bars, rods, wire, sections and bright products of corrosion resisting steels for general purposes especifica as condições técnicas de fornecimento de produtos semiacabados, barras, fios, perfis e produtos de classes padrão e classes especiais para resistir à corrosão de aços inoxidáveis para propósitos gerais. Indicada para fins gerais, incluindo a utilização de aços inoxidáveis em contato com alimentos.

Essas normas europeias não se aplicam aos componentes fabricados por processamento adicional das formas de produtos com características alteradas como resultado de tal processamento posterior. Estes documentos definem um conjunto de dados que, de conformidade com a norma, deve ser especificado quando encomendar um produto, por exemplo, a quantidade desejada, a forma do produto (por exemplo, barras redondas, barras quadradas ou vara), se uma inspeção é necessária, marcação de o produto. Foram desenvolvidas para ser utilizadas por especialistas técnicos quando da aquisição de produtos semiacabados, barras, fios, perfis e produtos brilhantes de resistir à corrosão de aços para fins gerais e de construção.

O aço inoxidável é o nome dado à família de aços resistentes à corrosão e ao calor contendo no mínimo 10,5% de cromo. Enquanto há uma variedade de aços carbono estrutural e de engenharia atendendo a diferentes requisitos de resistência mecânica, soldabilidade e tenacidade, há também uma grande variedade de aços inoxidáveis com níveis progressivamente maiores de resistência à corrosão e resistência mecânica.

Isso é resultado da adição controlada de elementos de liga, cada um deles originando atributos específicos com relação a resistência mecânica e possibilidade de resistir a diferentes meios ambientes. Os tipos de aço inoxidável podem ser classificados em cinco famílias: ferrítico, martensítico, austenítico, dúplex e endurecível por precipitação.

Os aços inoxidáveis austeníticos são os maiores, em termos de número de ligas e de utilização. Como os ferríticos, os austeníticos não podem ser endurecidos por tratamento térmico, tendo o nível de teor de carbono restrito, mas as adições principalmente de níquel muda a estrutura em temperatura ambiente para arranjo atômico cúbico de face centrado que é também não magnético (ou seja, tem uma baixa permeabilidade magnética).

Os aços inoxidáveis martensíticos são similares aos aços carbono e de baixa liga. Eles tem uma estrutura similar aos ferríticos com estrutura cristalina tetragonal de corpo centrado. Devido a adição de carbono, podem ser endurecido e a resistência aumentada pelo tratamento térmico, da mesma forma que os aços carbono. São classificados como uma família ferro magnético duro. O principal elemento de liga é o cromo, com um teor típico de 12 – 15%.

Na condição recozida, apresentam limite de escoamento com cerca de 275 MPa e então são normalmente usinado, conformado ou trabalhado a frio nessa condição. A resistência mecânica obtida pelo tratamento térmico depende do teor de carbono da liga.

Os aços inoxidáveis ferríticos tem uma estrutura cristalina cubico de corpo centrado, que é o mesmo do ferro puro a temperatura ambiente. O principal elemento de liga é o cromo com teores tipicamente entre 11 e 17%. O teor de carbono é mantido baixo o que resulta nestes aços uma limitada resistência mecânica. Não são endurecíveis pelo tratamento térmico e no estado recozido o limite de escoamento é de 275 a 350 MPa.

Os aços ferríticos são do tipo de baixo custo mas tem limitada resistência à corrosão comparado com os austeníticos mais comuns. Da mesma forma são limitados na tenacidade, conformabilidade e soldabilidade em comparação aos austeníticos.

Os aços inoxidáveis endurecíveis por precipitação (PH) são endurecíveis por tratamento de envelhecimento e assim tem algumas similaridades com os aços martensíticos, entretanto o processo metalúrgico para endurecimento é diferente. Estes aços são capazes de atingir a resistência a tração até 1700 MPa. Normalmente tem estrutura martensítica e assim são ferro magnéticos.

Os aços inoxidáveis dúplex tem uma estrutura mista de austenita e ferrita e como resultado tem características desses tipos básicos. Uma composição química típica tem 22% de cromo, 5% de níquel e 3% molibdênio com pequena adição de nitrogênio.

Os aços dúplex são endurecíveis por tratamento térmico mas são mais duros que os aços ferrítico e austenítico na condição recozida mole e tem limite de escoamento médio em torno de 450 MPa. Como os aços ferrítico são ferro magnéticos, mas têm uma boa conformabilidade e soldabilidade dos aços austeníticos. Entretanto, são necessários maiores esforços na conformação devido a sua maior resistência.

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Elementos de fixação de aço inoxidável e aço resistente à corrosão - Especificação
NBR10065 de 01/2011

Elementos de fixação de aço inoxidável e aço resistente à corrosão - Especificação

Conexões "OD" produzidas a partir de tubos de aços inoxidáveis com costura - Requisitos gerais
NBR15562 de 02/2008

Conexões "OD" produzidas a partir de tubos de aços inoxidáveis com costura - Requisitos gerais

Aços inoxidáveis - Produtos planos laminados para aplicações estruturais
NM206 de 10/1999

Aços inoxidáveis - Produtos planos laminados para aplicações estruturais

Tubos de aço inoxidável austenítico com e sem costura para usos gerais
NM143 de 01/1998

Tubos de aço inoxidável austenítico com e sem costura para usos gerais

Aços inoxidáveis planos - Propriedades mecânicas
NBR6666 de 08/2018

Aços inoxidáveis planos - Propriedades mecânicas

Instrumental cirúrgico — Material metálico — Especificações para aços inoxidáveis conformados
NBR13911 de 09/2013

Instrumental cirúrgico — Material metálico — Especificações para aços inoxidáveis conformados

Aços inoxidáveis - Classificação, designação e composição química
NBRNM133 de 10/2000

Aços inoxidáveis - Classificação, designação e composição química

Tubos de aço inoxidável ferrítico e martensítico com e sem costura para usos gerais
NM157 de 01/1998

Tubos de aço inoxidável ferrítico e martensítico com e sem costura para usos gerais

Tubos de aço inoxidável, austenítico, soldados e sem costura
NM276 de 01/2002

Tubos de aço inoxidável, austenítico, soldados e sem costura

Aço-inoxidável - Determinação da suscetibilidade ao ataque intergranular com ácido oxálico
NBR7408 de 07/1982

Aço-inoxidável - Determinação da suscetibilidade ao ataque intergranular com ácido oxálico

Aços inoxidáveis — Classificação por composição química
NBR5601 de 12/2011

Aços inoxidáveis — Classificação por composição química

Tubos soldados e sem costura, de aço inoxidável austenítico para serviços gerais (diâmetros pequenos)
NM221 de 08/2000

Tubos soldados e sem costura, de aço inoxidável austenítico para serviços gerais (diâmetros pequenos)

Produtos planos de aço inoxidável para aplicações estruturais - Especificação
NBR8579 de 12/1989

Produtos planos de aço inoxidável para aplicações estruturais - Especificação

Tubos de aço inoxidável austenítico, soldados, para caldeiras, aquecedores, trocadores de calor e condensadores
NM275 de 01/2002

Tubos de aço inoxidável austenítico, soldados, para caldeiras, aquecedores, trocadores de calor e condensadores

Tubos com costura de aço inoxidável austenítico sem recozimento
NBRNM198 de 02/2000

Tubos com costura de aço inoxidável austenítico sem recozimento

Aços inoxidáveis - Acabamentos de superfície para produtos planos laminados
NM226 de 07/2000

Aços inoxidáveis - Acabamentos de superfície para produtos planos laminados

Arame redondo de aço inoxidável para molas - Especificação
NBR13366 de 05/1995

Arame redondo de aço inoxidável para molas - Especificação

Tubos de aço inoxidável ferrítico, não recozidos, com costura para a indústria automotiva - Requisitos gerais
NM134 de 01/1997

Tubos de aço inoxidável ferrítico, não recozidos, com costura para a indústria automotiva - Requisitos gerais

Tubos sanitários sem costura e soldados de aço inoxidável austenítico
NM218 de 08/2000

Tubos sanitários sem costura e soldados de aço inoxidável austenítico

Barras redondas, quadradas, hexagonais e retangulares de aço inoxidável
NM37 de 01/1995

Barras redondas, quadradas, hexagonais e retangulares de aço inoxidável