Text page

Tubos de aço utilizados na montagem de torres de linhas de transmissão de energia elétrica requerem ensaios específicos

A expansão da malha de linhas de transmissão e distribuição de energia elétrica no Brasil levou o INMETRO a elaborar e publicar o Regulamento Técnico específico para Tubos de Aço-Carbono ou Microligados, com ou sem costura, utilizados na montagem de torres de linhas de transmissão de energia elétrica.

A expansão da malha de linhas de transmissão e distribuição de energia elétrica no Brasil levou o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO) a elaborar e publicar o Regulamento Técnico específico para Tubos de Aço-Carbono ou Microligados, com ou sem costura, utilizados na montagem de torres de linhas de transmissão de energia elétrica.

Este Regulamento Técnico instituído pela Portaria no 33, de 22 de janeiro de 2004, estabelece requisitos para regulamentar a fabricação e a importação de tubos em aço-carbono ou microligados, para uso na construção de estruturas de torres de linhas de transmissão de energia elétrica. Tais requisitos aplicam-se a tubos produzidos por processo com ou sem costura, conformados a quente e/ou a frio em seções circular, quadrada ou retangular.

Este Regulamento Técnico, estabelece um conjunto de requisitos e parâmetros técnicos que devem ser observados na fabricação dos tubos, cujos materiais utilizados, composição química, propriedades físicas e mecânicas, dimensões e tolerâncias devem atender aos limites estabelecidos, sendo verificados através da realização dos ensaios determinados pelas seguintes normas brasileiras:

• NBR 7433:1982 - Produtos tubulares de aço - Determinação das propriedades mecânicas à tração: Esta norma prescreve o método de ensaio de tração de produtos tubulares de aço-carbono e aços-liga, com espessura de parede maior ou igual a 0,3mm, com a finalidade de definir as propriedades mecânicas de tração e alongamento do corpo-de-prova;

• NBR 6641:1984 - Coleta de amostras para análise química de aços destinados à laminação e de produtos laminados: Esta norma estabelece as condições para a coleta de amostras de aços destinados a laminação e produtos laminados, objetivando determinar a analise química aplicada ao controle de qualidade final de processo pelo produtor e de recebimento pelo comprador;

• NBR 6642:1984 - Preparação de amostras para análise química de aços destinados à laminação e de produtos laminados: : Esta norma estabelece as condições para a preparação de amostras de aços destinados a laminação e produtos laminados, objetivando determinar a analise química aplicada ao controle de qualidade final de processo pelo produtor e de recebimento pelo comprador;

• NBR 6154:1985 - Tubos de aço de seção circular - Ensaio de achatamento - Método de ensaio: Determina o método pelo qual deve ser executado o ensaio de achatamento de todos os produtos tubulares de aço, de diâmetro externo até 400 mm e cuja espessura da parede não seja maior do que 15% do diâmetro externo.

Para adquirir as NBRs 7433, 6641, 6642 e 6154, clique aqui.

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Capacitores de potência auto-regenerativos para sistemas CA, com tensão máxima de 1 000 V - Parte 1: Generalidades - Desempenho, ensaios e classificação - Requisitos de segurança - Guia para instalação e operação
NBRIEC60831-1 de 02/2009

Capacitores de potência auto-regenerativos para sistemas CA, com tensão máxima de 1 000 V - Parte 1: Generalidades - Desempenho, ensaios e classificação - Requisitos de segurança - Guia para instalação e operação

Carretéis de madeira para cordoalhas de fios de aço zincado - Características dimensionais e estruturais
NBR7311 de 02/2006

Carretéis de madeira para cordoalhas de fios de aço zincado - Características dimensionais e estruturais

Concreto autoadensável - Parte 3: Determinação da habilidade passante - Método do anel J
NBR15823-3 de 08/2017

Concreto autoadensável - Parte 3: Determinação da habilidade passante - Método do anel J

Grupo de acoplamento para sistemas de ondas portadoras em linhas de alta tensão
NBR7563 de 10/2014

Grupo de acoplamento para sistemas de ondas portadoras em linhas de alta tensão

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Verificação de protuberâncias internas no tubo metálico
NBR13980 de 08/2009

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Verificação de protuberâncias internas no tubo metálico

Unidades de sintonia para equipamento de correntes portadoras em linha de transmissão de energia elétrica.
EB574 de 05/1991

Unidades de sintonia para equipamento de correntes portadoras em linha de transmissão de energia elétrica.

Corda para trabalho em instalação energizada - Transmissão - Especificação
NBR13018 de 09/1993

Corda para trabalho em instalação energizada - Transmissão - Especificação

Concreto autoadensável - Parte 5: Determinação da viscosidade - Método do funil V
NBR15823-5 de 08/2017

Concreto autoadensável - Parte 5: Determinação da viscosidade - Método do funil V

Cabos para-raios com fibras ópticas (OPGW) para linhas aéreas de transmissão - Requisitos e métodos de ensaio
NBR14074 de 04/2015

Cabos para-raios com fibras ópticas (OPGW) para linhas aéreas de transmissão - Requisitos e métodos de ensaio

Determinação da elasticidade, carga de ruptura, absorção de água e da espessura do cobrimento em postes e cruzetas de concreto armado
NBR6124 de 12/2011

Determinação da elasticidade, carga de ruptura, absorção de água e da espessura do cobrimento em postes e cruzetas de concreto armado

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Raio mínimo de curvatura - Método de ensaio
NBR13984 de 08/2009

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Raio mínimo de curvatura - Método de ensaio

Isoladores de porcelana ou vidro para linhas aéreas e subestações de alta tensão - Ensaios
NBR5049 de 10/2004

Isoladores de porcelana ou vidro para linhas aéreas e subestações de alta tensão - Ensaios

Capacitores de potência auto-regenerativos para sistemas CA, com tensão máxima de 1 000 V - Parte 2: Ensaio de envelhecimento, auto-regeneração e destruição
NBRIEC60831-2 de 02/2009

Capacitores de potência auto-regenerativos para sistemas CA, com tensão máxima de 1 000 V - Parte 2: Ensaio de envelhecimento, auto-regeneração e destruição

Sistema pneumático de transmissão de potência — Conexões tipo instantâneas para tubos termoplásticos
NBRISO14743 de 10/2009

Sistema pneumático de transmissão de potência — Conexões tipo instantâneas para tubos termoplásticos

Arame de aço galvanizado para linhas telegráficas e telefônicas
NM127 de 01/1997

Arame de aço galvanizado para linhas telegráficas e telefônicas

Redes de distribuição aérea urbana de energia elétrica
NBR5434 de 03/2009

Redes de distribuição aérea urbana de energia elétrica

Conectores para cabos de potência - Ensaios de ciclos térmicos e curtos-circuitos
NBR9326 de 10/2014

Conectores para cabos de potência - Ensaios de ciclos térmicos e curtos-circuitos

Ferragem de linha aérea – Terminologia
NBR6547 de 10/2010

Ferragem de linha aérea – Terminologia

Cupilhas para pinos ou parafusos de articulação — Especificação e métodos de ensaio
NBR9893 de 02/2014

Cupilhas para pinos ou parafusos de articulação — Especificação e métodos de ensaio

Cabos de alumínio nus com alma de aço zincado para linhas aéreas - Especificação
NBR7270 de 02/2009

Cabos de alumínio nus com alma de aço zincado para linhas aéreas - Especificação

Concreto autoadensável - Parte 1: Classificação, controle e recebimento no estado fresco
NBR15823-1 de 08/2017

Concreto autoadensável - Parte 1: Classificação, controle e recebimento no estado fresco

Sinalização para identificação de linha aérea de transmissão de energia elétrica - Requisitos
NBR8664 de 01/2015

Sinalização para identificação de linha aérea de transmissão de energia elétrica - Requisitos

Redes de distribuição aérea de energia elétrica com condutores nus
NBR15688 de 04/2012

Redes de distribuição aérea de energia elétrica com condutores nus

Isoladores para linhas aéreas com tensões acima de 1 000 V — Isoladores de porcelana ou vidro para sistemas de corrente alternada
NBR5032 de 10/2014

Isoladores para linhas aéreas com tensões acima de 1 000 V — Isoladores de porcelana ou vidro para sistemas de corrente alternada

Vínculos de ferragens integrantes de isoladores de cadeia - Dimensões
NBR7108 de 02/2009

Vínculos de ferragens integrantes de isoladores de cadeia - Dimensões

Cartão prensado e papel prensado para fins dielétricos - Parte 2: Métodos de ensaio
NBRIEC60641-2 de 08/2012

Cartão prensado e papel prensado para fins dielétricos - Parte 2: Métodos de ensaio

Cabos internos para telecomunicações - Classificação quanto ao comportamento frente à chama
NBR14705 de 04/2010

Cabos internos para telecomunicações - Classificação quanto ao comportamento frente à chama

Manuseio e lançamento de cabos CAA em linhas de transmissão de energia elétrica
NBR7430 de 05/2016

Manuseio e lançamento de cabos CAA em linhas de transmissão de energia elétrica

Barras, cordoalhas e fios de aço destinados a armaduras de protensão - Método de ensaio de relaxação isotérmica
NBR7484 de 06/2020

Barras, cordoalhas e fios de aço destinados a armaduras de protensão - Método de ensaio de relaxação isotérmica

Concreto autoadensável - Parte 4: Determinação da habilidade passante - Métodos da caixa L e da caixa U
NBR15823-4 de 08/2017

Concreto autoadensável - Parte 4: Determinação da habilidade passante - Métodos da caixa L e da caixa U

Isolador de disco de porcelana ou vidro - Dimensões e características
NBR7109 de 02/2009

Isolador de disco de porcelana ou vidro - Dimensões e características

Medição da resistividade e determinação da estratificação do solo
NBR7117 de 11/2020

Medição da resistividade e determinação da estratificação do solo

Cabos de alumínio nus reforçados com fios de liga alumínio-magnésio-silício para linhas aéreas — Especificação
NBR15770 de 10/2009

Cabos de alumínio nus reforçados com fios de liga alumínio-magnésio-silício para linhas aéreas — Especificação

Unidade de isolador-bastão composto para cadeias de linhas aéreas com tensão acima de 1 000 V - Características dimensionais e elétricas
NBR15651 de 01/2009

Unidade de isolador-bastão composto para cadeias de linhas aéreas com tensão acima de 1 000 V - Características dimensionais e elétricas

Cartão prensado e papel prensado para fins dielétricos - Parte 3: Especificações para materiais individuais - Folha 1: Requisitos para cartão prensado, tipos B.0.1, B.0.3, B.2.1, B.2.3, B.3.1, B.3.3, B.4.1, B.4.3, B.5.1, B.5.3 e B.6.1
NBRIEC60641-3-1 de 08/2012

Cartão prensado e papel prensado para fins dielétricos - Parte 3: Especificações para materiais individuais - Folha 1: Requisitos para cartão prensado, tipos B.0.1, B.0.3, B.2.1, B.2.3, B.3.1, B.3.3, B.4.1, B.4.3, B.5.1, B.5.3 e B.6.1

Redes de distribuição aérea rural de energia elétrica
NBR5433 de 03/2009

Redes de distribuição aérea rural de energia elétrica

Balizador de sinalização noturna para linhas aéreas de transmissão de energia elétrica
NBR12890 de 07/2005

Balizador de sinalização noturna para linhas aéreas de transmissão de energia elétrica

Cordoalha de sete fios de aço zincados para cabos pára-raios
NBR5908 de 05/2016

Cordoalha de sete fios de aço zincados para cabos pára-raios

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Tração do elemento metálico (tubo e/ou elemento ranhurado) - Método de ensaio
NBR13979 de 08/2009

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Tração do elemento metálico (tubo e/ou elemento ranhurado) - Método de ensaio

Especificação para papéis celulósicos para fins dielétricos - Parte 1: Definições e requisitos gerais
NBRIEC60554-1 de 08/2012

Especificação para papéis celulósicos para fins dielétricos - Parte 1: Definições e requisitos gerais

Sinalização de advertência em linhas aéreas de transmissão de energia elétrica - Procedimento
NBR7276 de 07/2005

Sinalização de advertência em linhas aéreas de transmissão de energia elétrica - Procedimento

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Tensão-deformação - Método de ensaio
NBR13985 de 08/2009

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Tensão-deformação - Método de ensaio

Parafuso de cabeça redonda, para uso como escada de torres de linha de transmissão de energia elétrica – Requisitos e designação
NBR9980 de 11/2010

Parafuso de cabeça redonda, para uso como escada de torres de linha de transmissão de energia elétrica – Requisitos e designação

Dimensionamento de cabos pára-raios para linhas aéreas de transmissão de energia elétrica - Procedimento
NBR8449 de 04/1984

Dimensionamento de cabos pára-raios para linhas aéreas de transmissão de energia elétrica - Procedimento

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Torção - Método de ensaio
NBR13987 de 08/2009

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Torção - Método de ensaio

Isoladores não compostos tipo suporte para uso interno, para tensões nominais acima de 1 000 V até 245 kV — Características elétricas e mecânicas — Ensaios e critérios de aceitação
NBR15650 de 04/2020

Isoladores não compostos tipo suporte para uso interno, para tensões nominais acima de 1 000 V até 245 kV — Características elétricas e mecânicas — Ensaios e critérios de aceitação

Ferragens eletrotécnicas para linhas de transmissão e subestações de alta tensão e extra alta tensão
NBR7095 de 12/1981

Ferragens eletrotécnicas para linhas de transmissão e subestações de alta tensão e extra alta tensão

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Puxamento pela polia - Método de ensaio
NBR13983 de 08/2009

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Puxamento pela polia - Método de ensaio

Projeto de linhas aéreas de transmissão de energia elétrica
NBR5422 de 02/1985

Projeto de linhas aéreas de transmissão de energia elétrica

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Vibração eólica - Método de ensaio
NBR13982 de 08/2009

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Vibração eólica - Método de ensaio

Ferragens integrantes padronizadas de isoladores para cadeia de vidro e de porcelana - Parte 2: Engate tipo garfo e olhal
NBR7108-2 de 04/2012

Ferragens integrantes padronizadas de isoladores para cadeia de vidro e de porcelana - Parte 2: Engate tipo garfo e olhal

Ensaio de resistência mecânica residual para unidades de cadeia de isolador de cerâmica ou vidro, após dano mecânico do dielétrico
NBR10511 de 03/2020

Ensaio de resistência mecânica residual para unidades de cadeia de isolador de cerâmica ou vidro, após dano mecânico do dielétrico

Concreto autoadensável - Parte 6: Determinação da resistência à segregação - Métodos da coluna de segregação e da peneira
NBR15823-6 de 08/2017

Concreto autoadensável - Parte 6: Determinação da resistência à segregação - Métodos da coluna de segregação e da peneira

Isolador suporte de porcelana ou vidro para tensões acima de 1000 V
NBR12008 de 02/2009

Isolador suporte de porcelana ou vidro para tensões acima de 1000 V

Porca sextavada de segurança para estruturas metálicas de linhas de transmissão e subestações - Padronização
NBR8853 de 06/2015

Porca sextavada de segurança para estruturas metálicas de linhas de transmissão e subestações - Padronização

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Determinação dos efeitos da descarga atmosférica - Método de ensaio
NBR14586 de 08/2009

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Determinação dos efeitos da descarga atmosférica - Método de ensaio

Capacitor de acoplamento para equipamentos de correntes portadoras em linhas de transmissão de energia elétrica.
EB573 de 05/1991

Capacitor de acoplamento para equipamentos de correntes portadoras em linhas de transmissão de energia elétrica.

Tolerâncias para peças de porcelana para equipamentos elétricos
NBR5417 de 02/2009

Tolerâncias para peças de porcelana para equipamentos elétricos

Embalagens de madeira para isoladores de disco - Características dimensionais e estruturais
NBR9333 de 03/2011

Embalagens de madeira para isoladores de disco - Características dimensionais e estruturais

Equipamento de correntes portadoras para linhas de transmissão de energia elétrica.
EB571 de 05/1991

Equipamento de correntes portadoras para linhas de transmissão de energia elétrica.

Sinalização de linhas aéreas de transmissão de energia elétrica com vistas à segurança da inspeção aérea
NBR6535 de 07/2005

Sinalização de linhas aéreas de transmissão de energia elétrica com vistas à segurança da inspeção aérea

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Pressurização do tubo metálico de proteção - Método de ensaio
NBR13988 de 08/2009

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Pressurização do tubo metálico de proteção - Método de ensaio

Projeto de linhas aéreas de trolebus e bondes
NBR9381 de 12/2010

Projeto de linhas aéreas de trolebus e bondes

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Curto-circuito - Método de ensaio
NBR13981 de 08/2009

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Curto-circuito - Método de ensaio

Cabos de alumínio nus para linhas aéreas - Especificação
NBR7271 de 02/2009

Cabos de alumínio nus para linhas aéreas - Especificação

Filtro de bloqueio para equipamentos de correntes portadoras em linhas de transmissão de energia elétrica.
EB572 de 05/1991

Filtro de bloqueio para equipamentos de correntes portadoras em linhas de transmissão de energia elétrica.

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Deformação na fibra óptica por tração no cabo
NBR13986 de 08/2009

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Deformação na fibra óptica por tração no cabo

Suportes metálicos treliçados para linhas de transmissão - Resistência ao carregamento - Método de ensaio
NBR8842 de 11/2010

Suportes metálicos treliçados para linhas de transmissão - Resistência ao carregamento - Método de ensaio

Concreto autoadensável - Parte 2: Determinação do espalhamento, do tempo de escoamento e do índice de estabilidade visual - Método do cone de Abrams
NBR15823-2 de 08/2017

Concreto autoadensável - Parte 2: Determinação do espalhamento, do tempo de escoamento e do índice de estabilidade visual - Método do cone de Abrams

Ensaio em isolador suporte de porcelana ou vidro, uso interno ou externo, para tensões acima de 1000 V
NBR11790 de 02/2009

Ensaio em isolador suporte de porcelana ou vidro, uso interno ou externo, para tensões acima de 1000 V

Cartão prensado e papel prensado para fins dielétricos - Parte 3: Especificações para materiais individuais - Folha 2: Requisitos para papel prensado, tipos P.2.1, P.4.1, P.4.2, P.4.3 e P.6.1
NBRIEC60641-3-2 de 08/2012

Cartão prensado e papel prensado para fins dielétricos - Parte 3: Especificações para materiais individuais - Folha 2: Requisitos para papel prensado, tipos P.2.1, P.4.1, P.4.2, P.4.3 e P.6.1

Símbolos gráficos de usinas geradoras, subestações e linhas para sistemas energéticos e para sistemas de telecomunicação
NBR12524 de 10/2012

Símbolos gráficos de usinas geradoras, subestações e linhas para sistemas energéticos e para sistemas de telecomunicação

Apresentação de projetos de linhas aéreas de transmissão de energia elétrica para aprovação oficial.
NBR5421 de 04/1984

Apresentação de projetos de linhas aéreas de transmissão de energia elétrica para aprovação oficial.

Cartão prensado e papel prensado para fins dielétricos - Parte 1: Definições e requisitos gerais
NBRIEC60641-1 de 08/2012

Cartão prensado e papel prensado para fins dielétricos - Parte 1: Definições e requisitos gerais

Equipamento terminal de ondas portadoras em linhas de alta tensão
NBR8146 de 06/2011

Equipamento terminal de ondas portadoras em linhas de alta tensão

Linhas aéreas de tração elétrica - Disposições gerais
NBR9319 de 12/2010

Linhas aéreas de tração elétrica - Disposições gerais

Execução de suportes metálicos trelicados para linhas de transmissão
NBR8850 de 05/2013

Execução de suportes metálicos trelicados para linhas de transmissão

Eletrotécnica e eletrônica - Transmissão de energia elétrica em corrente contínua de alta tensão
NBR6548 de 06/2011

Eletrotécnica e eletrônica - Transmissão de energia elétrica em corrente contínua de alta tensão

Capacitores série para sistemas de potência
NBR8763 de 06/1998

Capacitores série para sistemas de potência

Ferragens integrantes padronizadas de isoladores para cadeia de vidro e de porcelana - Parte 1: Acoplamento tipo concha e bola
NBR7108-1 de 09/2011

Ferragens integrantes padronizadas de isoladores para cadeia de vidro e de porcelana - Parte 1: Acoplamento tipo concha e bola

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Determinação do desempenho térmico
NBR13991 de 08/2009

Cabos pára-raios com fibras ópticas para linhas aéreas de transmissão (OPGW) - Determinação do desempenho térmico

Isoladores utilizados em sistemas de alta-tensão em corrente alternada - Ensaios de poluição artificial
NBR10621 de 09/2017

Isoladores utilizados em sistemas de alta-tensão em corrente alternada - Ensaios de poluição artificial