Normas do comitê: ONS-034: PETRÓLEO com a palavra chave: ARMAZENAMENTO DE LÍQUIDO INFLAMÁVEL

15 registro(s) encontrado(s) em 0,509 segundos.

NBR17505-2 de 07/2015 - Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis - Parte 2: Armazenamento em tanques, em vasos e em recipientes portáteis com capacidade superior a 3 000 L

Esta Parte da NBR17505 especifica os requisitos exigíveis para: a) armazenamento de líquidos combustíveis e inflamáveis, como definidos na NBR17505-1:2013, 3.62 e 3.65 e na Seção 4, em tanques estacionários com capacidade superior a 230 L em tanques ...

Visualização

NBR17505-4 de 07/2015 - Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis - Parte 4: Armazenamento em recipientes e em tanques portáteis até 3 000 L

Esta Parte da NBR17505 prescreve os requisitos para o armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis nas seguintes condições: a) tambores ou outros recipientes que não excedam 450 L em suas capacidades individuais; b) tanques portáteis que não ex...

Visualização

NBR17505-7 de 03/2015 - Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis - Parte 7: Proteção contra incêndio para parques de armazenamento com tanques estacionários

Esta Parte da ABNT NBR 17505 estabelece os requisitos mínimos para os projetos de sistemas de combate a incêndios com água e com espuma, destinados a instalações de armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis, contidos em tanques estacionários...

Visualização

NBR17505-5 de 07/2015 - Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis - Parte 5: Operações

Esta Parte da NBR17505 aplica-se a locais onde operações de processamento de líquidos inflamáveis e combustíveis sejam a principal atividade, exceto quando cobertas por outra Seção específica desta parte da NBR17505.

Visualização

NBR16764 de 06/2019 - Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis — Instalação dos componentes do sistema de armazenamento subterrâneo de combustíveis (SASC), óleo lubrificante usado e contaminado (OLUC) e ARLA 32

Este Ducumento estabelece os princípios gerais de projeto e requisitos para execução da instalação dos componentes do sistema de armazenamento subterrâneo de combustíveis (SASC), óleo lubrificante usado e contaminado (OLUC) e ARLA 32.

Visualização

NBR14605-2 de 09/2020 - Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis — Sistema de drenagem oleosa em posto revendedor de combustíveis automotivos - Parte 2: Dimensionamento de vazão de sistema de contenção e separação de efluentes

Esta Parte da NBR14605 estabelece a metodologia para o dimensionamento de vazão do sistema de drenagem oleosa em posto revendedor de combustíveis automotivos, em ponto de abastecimento e em demais serviços automotivos (PRC/PA).

Visualização

NBR13784 de 12/2019 - Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis - Métodos para detecção de vazamentos em Sistemas de Armazenamento Subterrâneo de Combustíveis (SASC)

Esta Norma estabelece os métodos para detecção de vazamentos em sistemas de armazenamento subterrâneo de combustíveis (SASC) e específica suas características e aplicações.

Visualização

NBR14973 de 02/2021 - Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis - Desativação, remoção, destinação e preparação de tanques subterrâneos e dos outros componentes do sistema de armazenamento subterrâneo de combustíveis (SASC)

Esta Norma estabelece os requisitos a serem atendidos quando da desativação temporária ou permanente, e/ou da remoção, destinação e preparação de tanque subterrâneo e dos outros componentes do sistema de armazenamento subterrâneo de combustíveis (SASC)...

Visualização

NBR16526 de 04/2017 - Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis — Sistemas selados para transferência por bocal inferior em caminhão-tanque — Especificação

Esta Norma estabelece requisitos para o projeto de caminhão-tanque destinado a operações de transferência, por bocal inferior, de líquidos inflamáveis e combustíveis.

Visualização

NBR15724-2 de 06/2009 - Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis - Bases e terminais de distribuição de combustíveis - Métodos de avaliação quantitativa de emissões de compostos orgânicos voláteis no armazenamento e movimentação de produtos - Parte 2: Emissões em tanq

Esta Parte da NBR15724 estabelece uma metodologia analítica para o cálculo de emissões de compostos orgânicos voláteis oriundas da armazenagem de líquidos combustíveis em tanques verticais de teto fixo, tanques horizontais, tanques verticais de teto fl...

Visualização

NBR15724-1 de 06/2009 - Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis - Bases e terminais de distribuição de combustíveis - Métodos de avaliação quantitativa de emissões de compostos orgânicos voláteis no armazenamento e movimentação de produtos - Parte 1: Terminologia

Esta Parte da NBR15724, dividida em cinco partes, estabelece uma metodologia analítica para o cálculo de emissões de compostos orgânicos voláteis oriundas da armazenagem e movimentação (carregamento e descarregamento) de líquidos combustíveis em termin...

Visualização

NBR15724-4 de 06/2009 - Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis - Bases e terminais de distribuição de combustíveis - Métodos de avaliação quantitativa de emissões de compostos orgânicos voláteis no armazenamento e movimentação de produtos - Parte 4: Emissões fugitiv

Esta Norma estabelece uma metodologia analítica para o cálculo de emissões fugitivas de compostos orgânicos voláteis oriundas da operação normal dos equipamentos existentes em um terminal de distribuição de líquidos combustíveis.

Visualização

NBR15724-5 de 06/2009 - Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis - Bases e terminais de distribuição de combustíveis - Métodos de avaliação quantitativa de emissões de compostos orgânicos voláteis no armazenamento e movimentação de produtos - Parte 5: Características

Esta Norma estabelece as características básicas dos líquidos combustíveis, bem como as metodologias para determinação de pressão verdadeira a uma determinada temperatura, para serem aplicadas no cálculo de emissões de compostos orgânicos voláteis em t...

Visualização