Normas do comitê: CB-017: TÊXTEIS E DO VESTUÁRIO com a palavra-chave: ENSAIOS DE SOLIDEZ DA COR

7 registro(s) encontrado(s) em 0,204 segundos.

Têxteis - Ensaio de solidez da cor - Parte B01: Solidez da cor à luz: Luz do dia
Vigente
add_shopping_cart
Norma Brasileira
star_border
NBRISO105-B01 de 04/2009 - Têxteis - Ensaio de solidez da cor - Parte B01: Solidez da cor à luz: Luz do dia

Descreve um método para determinação da resistência da cor de têxteis de todos os tipos e em todas as formas sob a ação da luz do dia. Permite o uso de dois diferentes conjuntos de tecidos de lã azul de referência. 0s resultados dos dois diferentes con...

Têxteis - Ensaios de solidez da cor - Parte C09: Solidez da cor à lavagem doméstica e comercial - Efeito do alvejamento oxidativo usando um detergente de referência não fosfatado, incorporando um ativador de alvejamento à baixa temperatura
Vigente
add_shopping_cart
Norma Brasileira
star_border
NBRISO105-C09 de 09/2009 - Têxteis - Ensaios de solidez da cor - Parte C09: Solidez da cor à lavagem doméstica e comercial - Efeito do alvejamento oxidativo usando um detergente de referência não fosfatado, incorporando um ativador de alvejamento à baixa temperatura

Especifica um método relevante ao consumidor para determinar a alteração de tonalidade de têxteis de todos os tipos e em todas as formas (com exclusão de seda e lã), aos procedimentos de lavagem doméstica/comercial, nos quais se emprega um ativador de ...

Têxteis - Ensaios de solidez da cor - Parte B06: Solidez da cor e envelhecimento à luz artificial a elevadas temperaturas: Ensaio de desbotamento com lâmpada de arco de xenônio
Vigente
add_shopping_cart
Norma Brasileira
star_border
NBRISO105-B06 de 04/2009 - Têxteis - Ensaios de solidez da cor - Parte B06: Solidez da cor e envelhecimento à luz artificial a elevadas temperaturas: Ensaio de desbotamento com lâmpada de arco de xenônio

Esta parte da NBRISO105 descreve um método para determinação da solidez da cor e propriedades de envelhecimento de todos os tipos e formas de têxteis tintos e estampados e/ou outros substratos orgânicos sob a ação de uma fonte de luz artificial represe...

Têxteis — Ensaios de solidez da cor - Parte F02: Especificação para tecidos-testemunha de algodão e viscose
Vigente
add_shopping_cart
Norma Brasileira
star_border
NBRISO105-F02 de 08/2010 - Têxteis — Ensaios de solidez da cor - Parte F02: Especificação para tecidos-testemunha de algodão e viscose

Esta parte da NBRISO105 especifica um tecido-testemunha não tinto de algodão (e um não tinto de viscose) que pode ser usado para a avaliação da transferência da cor nos ensaios de solidez da cor. As propriedades de manchamento do tecido-testemunha de a...

Têxteis — Ensaios de solidez da cor - Parte B07: Solidez da cor à luz de têxteis umectados com suor artificial
Vigente
add_shopping_cart
Norma Brasileira
star_border
NBRISO105-B07 de 08/2010 - Têxteis — Ensaios de solidez da cor - Parte B07: Solidez da cor à luz de têxteis umectados com suor artificial

Esta parte da NBRISO105 especifica um método para determinar a resistência da cor de têxteis de todos os tipos e em todas as formas sob a ação combinada do efeito da mectação com soluções artificiais de suor ácido ou alcalino e uma fonte de luz artific...

Têxteis - Ensaios de solidez da cor - Parte E12: Solidez da cor à batanagem: Batanagem alcalina
Vigente
add_shopping_cart
Norma Brasileira
star_border
NBRISO105-E12 de 06/2009 - Têxteis - Ensaios de solidez da cor - Parte E12: Solidez da cor à batanagem: Batanagem alcalina

Especifica um método para determinação da resistência da cor de lã e têxteis contendo lã sob a ação de sabão e soluções de carbonato de sódio utilizadas em batanagem alcalina (método severo) ou da solução de sabão apenas (método suave). O método suave ...

Têxteis — Ensaios de solidez da cor - Parte G03: Solidez da cor ao ozônio na atmosfera
Vigente
add_shopping_cart
Norma Brasileira
star_border
NBRISO105-G03 de 08/2010 - Têxteis — Ensaios de solidez da cor - Parte G03: Solidez da cor ao ozônio na atmosfera

Esta parte da NBRISO105 especifica um método para determinar a resistência da cor de têxteis de todos os tipos e em todas as formas sob a ação do ozônio na atmosfera, à temperatura ambiente, com umidade relativa não excedendo 65 %, e a temperaturas ele...

Têxteis - Ensaio de solidez da cor - Parte B01: Solidez da cor à luz: Luz do dia

NBRISO105-B01 de 04/2009 - Têxteis - Ensaio de solidez da cor - Parte B01: Solidez da cor à luz: Luz do dia

  • Descreve um método para determinação da resistência da cor de têxteis de todos os tipos e em todas as formas sob a ação da luz do dia. Permite o uso de dois diferentes conjuntos de tecidos de lã azul de referência. 0s resultados dos dois diferentes con... Têxteis - Ensaio de solidez da cor - Parte B01: Solidez da cor à luz: Luz do dia
DOWNLOAD
Norma Brasileira
Têxteis - Ensaios de solidez da cor - Parte C09: Solidez da cor à lavagem doméstica e comercial - Efeito do alvejamento oxidativo usando um detergente de referência não fosfatado, incorporando um ativador de alvejamento à baixa temperatura

NBRISO105-C09 de 09/2009 - Têxteis - Ensaios de solidez da cor - Parte C09: Solidez da cor à lavagem doméstica e comercial - Efeito do alvejamento oxidativo usando um detergente de referência não fosfatado, incorporando um ativador de alvejamento à baixa temperatura

  • Especifica um método relevante ao consumidor para determinar a alteração de tonalidade de têxteis de todos os tipos e em todas as formas (com exclusão de seda e lã), aos procedimentos de lavagem doméstica/comercial, nos quais se emprega um ativador de ... Têxteis - Ensaios de solidez da cor - Parte C09: Solidez da cor à lavagem doméstica e comercial - Efeito do alvejamento oxidativo usando um detergente de referência não fosfatado, incorporando um ativador de alvejamento à baixa temperatura
DOWNLOAD
Norma Brasileira
Têxteis - Ensaios de solidez da cor - Parte B06: Solidez da cor e envelhecimento à luz artificial a elevadas temperaturas: Ensaio de desbotamento com lâmpada de arco de xenônio

NBRISO105-B06 de 04/2009 - Têxteis - Ensaios de solidez da cor - Parte B06: Solidez da cor e envelhecimento à luz artificial a elevadas temperaturas: Ensaio de desbotamento com lâmpada de arco de xenônio

  • Esta parte da NBRISO105 descreve um método para determinação da solidez da cor e propriedades de envelhecimento de todos os tipos e formas de têxteis tintos e estampados e/ou outros substratos orgânicos sob a ação de uma fonte de luz artificial represe... Têxteis - Ensaios de solidez da cor - Parte B06: Solidez da cor e envelhecimento à luz artificial a elevadas temperaturas: Ensaio de desbotamento com lâmpada de arco de xenônio
DOWNLOAD
Norma Brasileira
Têxteis — Ensaios de solidez da cor - Parte F02: Especificação para tecidos-testemunha de algodão e viscose

NBRISO105-F02 de 08/2010 - Têxteis — Ensaios de solidez da cor - Parte F02: Especificação para tecidos-testemunha de algodão e viscose

  • Esta parte da NBRISO105 especifica um tecido-testemunha não tinto de algodão (e um não tinto de viscose) que pode ser usado para a avaliação da transferência da cor nos ensaios de solidez da cor. As propriedades de manchamento do tecido-testemunha de a... Têxteis — Ensaios de solidez da cor - Parte F02: Especificação para tecidos-testemunha de algodão e viscose
DOWNLOAD
Norma Brasileira
Têxteis — Ensaios de solidez da cor - Parte B07: Solidez da cor à luz de têxteis umectados com suor artificial

NBRISO105-B07 de 08/2010 - Têxteis — Ensaios de solidez da cor - Parte B07: Solidez da cor à luz de têxteis umectados com suor artificial

  • Esta parte da NBRISO105 especifica um método para determinar a resistência da cor de têxteis de todos os tipos e em todas as formas sob a ação combinada do efeito da mectação com soluções artificiais de suor ácido ou alcalino e uma fonte de luz artific... Têxteis — Ensaios de solidez da cor - Parte B07: Solidez da cor à luz de têxteis umectados com suor artificial
DOWNLOAD
Norma Brasileira
Têxteis - Ensaios de solidez da cor - Parte E12: Solidez da cor à batanagem: Batanagem alcalina

NBRISO105-E12 de 06/2009 - Têxteis - Ensaios de solidez da cor - Parte E12: Solidez da cor à batanagem: Batanagem alcalina

  • Especifica um método para determinação da resistência da cor de lã e têxteis contendo lã sob a ação de sabão e soluções de carbonato de sódio utilizadas em batanagem alcalina (método severo) ou da solução de sabão apenas (método suave). O método suave ... Têxteis - Ensaios de solidez da cor - Parte E12: Solidez da cor à batanagem: Batanagem alcalina
DOWNLOAD
Norma Brasileira
Têxteis — Ensaios de solidez da cor - Parte G03: Solidez da cor ao ozônio na atmosfera

NBRISO105-G03 de 08/2010 - Têxteis — Ensaios de solidez da cor - Parte G03: Solidez da cor ao ozônio na atmosfera

  • Esta parte da NBRISO105 especifica um método para determinar a resistência da cor de têxteis de todos os tipos e em todas as formas sob a ação do ozônio na atmosfera, à temperatura ambiente, com umidade relativa não excedendo 65 %, e a temperaturas ele... Têxteis — Ensaios de solidez da cor - Parte G03: Solidez da cor ao ozônio na atmosfera
DOWNLOAD
Norma Brasileira