Text page

Pneus reformados devem possuir marca do Inmetro - MDIC

Desde 1º de junho de 2007, o pneu reformado, a exemplo do pneu novo, destinado a automóveis, camionetas e caminhonetes, só pode ser vendido se possuir a marca da conformidade do Inmetro.

23/9/2008

Desde 1º de março de 2007, as empresas reformadoras de pneus que não possuem contrato vigente com organismos de certificação de produtos são obrigadas a se registrar junto ao Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).

Para se registrar, no Estado de São Paulo, as empresas devem enviar os documentos necessários para o Ipem-SP, que após análise e auditoria na infra-estrutura da empresa encaminhará ao Inmetro o relatório de conclusão de processo para registro da reformadora de pneus.

O registro tem validade de dois anos. Durante esse período, o Ipem-SP retorna à empresa outras duas vezes para auditoria de manutenção. Essa auditoria é feita sem agendamento prévio e caso sejam encontradas irregularidades, pode haver o cancelamento do registro.

A reforma de um pneu consiste basicamente na reconstrução a partir da carcaça (elemento estrutural do pneu). Desde 1º de junho de 2007, o pneu reformado, a exemplo do pneu novo, destinado a automóveis, camionetas e caminhonetes, só pode ser vendido se possuir a marca da conformidade do Inmetro.

Existem três tipos de reforma: na “recapagem” substitui-se a banda de rodagem (parte do pneu que entra em contato com o solo). Na “recauchutagem”, além da banda de rodagem, são substituídos os “ombros” (parte externa entre a banda de rodagem e o flanco ou a parte lateral do pneu). No tipo mais completo, a “remoldagem”, além da banda de rodagem e ombros, toda a superfície dos flancos é reconstituída.

Cada pneu reformado deve apresentar, afixadas de forma legível, estampadas em alto relevo ou em etiqueta vulcanizada na lateral, resumidamente, as seguintes informações: marca do Inmetro; expressão “Recauchutado”, “Recapado” ou “Remoldado”, conforme o processo empregado; designação da dimensão, capacidade de carga máxima e limite de velocidade que o pneu pode suportar; marca e C.N.P.J. do reformador; expressão “Sem Câmara” para pneu projetado para esse uso; data de reforma e indicador de desgaste da banda de rodagem em conformidade com o regulamento técnico do Inmetro.

De acordo com o regulamento, as reformadoras precisam submeter os pneus reformados a ensaios de velocidade sob carga, em que é testada a resistência do pneu. No ensaio o pneu não pode apresentar avarias, como rachaduras, descolamentos, falha no conserto, falha no material de reforma, entre outras previstas na regulamentação.

Estima-se que no Estado de São Paulo existam 50 unidades reformadoras de pneus. Até o final de agosto de 2008, apenas 11 empresas deram entrada na solicitação de registro junto ao Ipem-SP. Dessas, duas foram reprovadas na análise documental e cinco foram auditadas, sendo que quatro já obtiveram o necessário registro junto ao Inmetro para exercício da atividade no Estado. Um total de 18 empresas ainda está certificada pelos organismos certificadores de produtos.

Dúvidas, sugestões ou reclamações sobre diversos assuntos do Ipem-SP podem ser feitas pelo telefone da ouvidoria: 0800 - 0130522, de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou via e-mail: ouvidor-ipem@ipem.sp.gov.br




FONTE: MDICE / Portal do consumidor

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Veículos rodoviários automotores - Calibrador automático de pneus - Parte 3: Requisitos técnicos
NBR15471-3 de 03/2007

Veículos rodoviários automotores - Calibrador automático de pneus - Parte 3: Requisitos técnicos

Inspeção de segurança veicular - Veículos leves e pesados - Parte 9: Pneus e rodas
NBR14040-9 de 12/2017

Inspeção de segurança veicular - Veículos leves e pesados - Parte 9: Pneus e rodas

Veículos rodoviários automotores - Sistema de freio - Ensaio de desempenho
NBR10967 de 12/2013

Veículos rodoviários automotores - Sistema de freio - Ensaio de desempenho

Veículos rodoviários automotores – Família de motores para certificação de veículos pesados por emissões de gases de escapamento
NBRISO16185 de 02/2010

Veículos rodoviários automotores – Família de motores para certificação de veículos pesados por emissões de gases de escapamento

Rodas e aros de veículos rodoviários e agrícolas — Terminologia
NBR13909 de 03/2013

Rodas e aros de veículos rodoviários e agrícolas — Terminologia

Veículos rodoviários automotores — Amortecedor da suspensão — Classificação, terminologia e identificação
NBR15830 de 04/2014

Veículos rodoviários automotores — Amortecedor da suspensão — Classificação, terminologia e identificação

Guindaste de pneus
NBR7557 de 12/2014

Guindaste de pneus

Veículos rodoviários automotores - Calibrador automático de pneus - Parte 1: Componentes, funções e terminologia
NBR15471-1 de 03/2007

Veículos rodoviários automotores - Calibrador automático de pneus - Parte 1: Componentes, funções e terminologia

Rodas de aço para veículos de passageiros, comerciais leves e utilitários esportivos — Requisitos e ensaios
NBR6750 de 04/2020

Rodas de aço para veículos de passageiros, comerciais leves e utilitários esportivos — Requisitos e ensaios

Número de identificação dos veículos rebocados (VIN)
NBR8973 de 06/2009

Número de identificação dos veículos rebocados (VIN)

Veículos rodoviários automotores — Macaco mecânico — Métodos de ensaio
NBR15788 de 01/2010

Veículos rodoviários automotores — Macaco mecânico — Métodos de ensaio

Critérios mínimos de seleção de pneus para reforma e reparação - Inspeção e identificação
NBRNM225 de 10/2000

Critérios mínimos de seleção de pneus para reforma e reparação - Inspeção e identificação

Veículos rodoviários automotores - Número de identificação de veículos (VIN)
NBR6066 de 05/2022

Veículos rodoviários automotores - Número de identificação de veículos (VIN)

Veículos rodoviários automotores — Filtros de combustível para motores diesel — Métodos de ensaio
NBRISO4020 de 01/2010

Veículos rodoviários automotores — Filtros de combustível para motores diesel — Métodos de ensaio

Rodas e aros desmontáveis para caminhões, ônibus e similares — Requisitos e ensaios
NBR6751 de 04/2020

Rodas e aros desmontáveis para caminhões, ônibus e similares — Requisitos e ensaios

Roda de liga de alumínio para veículos de passageiros, veículos comerciais leves e veículos utilitários esportivos — Requisitose ensaios
NBR6752 de 04/2020

Roda de liga de alumínio para veículos de passageiros, veículos comerciais leves e veículos utilitários esportivos — Requisitose ensaios

Rodas e aros de veículos rodoviários — Dimensões e identificações
NBR6608 de 03/2013

Rodas e aros de veículos rodoviários — Dimensões e identificações

Veículos rodoviários automotores — Macaco mecânico — Terminologia e classificação
NBR15787 de 01/2010

Veículos rodoviários automotores — Macaco mecânico — Terminologia e classificação

Veículos rodoviários automotores - Calibrador automático de pneus - Parte 2:Métodos de ensaio
NBR15471-2 de 03/2007

Veículos rodoviários automotores - Calibrador automático de pneus - Parte 2:Métodos de ensaio

Veículos rodoviários automotores - Prescrições relativas às condições específicas para sistemas de freio de mola acumuladora (spring brake)
NBR10970 de 12/2013

Veículos rodoviários automotores - Prescrições relativas às condições específicas para sistemas de freio de mola acumuladora (spring brake)

Veículos rodoviários automotores - Sistemas de freio - Disposições relativas às fontes de energia e dispositivos de armazenamento de energia (reservatórios de energia)
NBR10969 de 12/2013

Veículos rodoviários automotores - Sistemas de freio - Disposições relativas às fontes de energia e dispositivos de armazenamento de energia (reservatórios de energia)

Veículos rodoviários automotores - Aumento da segurança em conjunto com o monitoramento da pressão de inflação dos pneus
NBRISO21750 de 03/2008

Veículos rodoviários automotores - Aumento da segurança em conjunto com o monitoramento da pressão de inflação dos pneus

Câmaras de ar para pneus - Requisitos e métodos de ensaio
NBR15557 de 07/2014

Câmaras de ar para pneus - Requisitos e métodos de ensaio

Veículos rodoviários automotores - Disposições uniformes relativas à aprovação de veículos de categorias M, N e O quanto à frenagem
NBR10966 de 12/2013

Veículos rodoviários automotores - Disposições uniformes relativas à aprovação de veículos de categorias M, N e O quanto à frenagem

Dimensões de válvulas para pneus e câmaras do ar
NBR6017 de 05/2012

Dimensões de válvulas para pneus e câmaras do ar

Veículos rodoviários automotores - Procedimentos de medição de tempo de resposta em veículos equipados com sistemas de freio pneumático
NBR10968 de 12/2013

Veículos rodoviários automotores - Procedimentos de medição de tempo de resposta em veículos equipados com sistemas de freio pneumático