Text page

Pane na rede da Telefônica continua sem diagnóstico - Gazeta Mercantil

Técnicos acreditam que roteador periférico dificilmente poderia afetar toda a rede e suspeitam de falha no sistema de gerência da operadora. Até o momento a opinião de consenso das fontes ouvidas pela Gazeta Mercantil indica que o real problema ocorreu no sistema de gerência da própria Telefônica, sediado em São Paulo e totalmente automatizado.


17/07/2008

Técnicos acreditam que roteador periférico dificilmente poderia afetar toda a rede e suspeitam de falha no sistema de gerência da operadora. A pane que derrubou a rede de banda larga (MPLS) da Telefônica ainda não foi esclarecida. O laudo técnico encomendado pela companhia telefônica ao CPqD não foi concluído até o momento, e continua fechado a sete chaves no centro de pesquisa tecnológica sediado em Campinas.

Sabe-se que 2,2 milhões de clientes Speedy terão desconto de 120 horas em suas contas de agosto, como forma de ressarcimento das 36 horas em que o sistema ficou em pane e que retirou a Secretaria de Segurança P´ública do ar.

Enquanto não surge o veredicto, as especulações no setor de telecomunicações continuam. Até o momento a opinião de consenso das fontes ouvidas pela Gazeta Mercantil indica que o real problema ocorreu no sistema de gerência da própria Telefônica, sediado em São Paulo e totalmente automatizado.Foi divulgado nos primeiros dias que um roteador situado em Sorocaba teria sido a causa da suspensão dos serviços e que este seria de fabricação da chinesa Huawei.

Conforme os técnicos ouvidos pela Gazeta Mercantil, um roteador periférico e localizado fora do coração da rede dificilmente teria alcance para derrubar toda a rede da operadora paulista como aconteceu, a não ser que o problema inicial diagnosticado no equipamento tenha sido ignorado pelo sistema de gestão da rede, que é composto de um conjunto de equipamentos que tomam conta dos outros, este sim situado no centro nervoso da companhia em São Paulo.

Trata-se de uma análise elaborada e complexa e que foge do que costuma ocorrer quando um equipamento, ao entrar em pane, é imediatamente substituído pelo seu back-up. "Se o problema foi decorrente de um defeito de conceito do equipamento, não adiantou haver a duplicação, porque o segundo também faliu no minuto subseqüente".

Se o laudo preparado pelo CPqD indicar que houve sabotagem, é provável que a Telefônica opte por não esclarecer as verdadeiras causas à população. Até ontem, os responsáveis pela gestão da rede estavam envolvidos em reuniões com consultores de tecnologia e de imagem para identificar a melhor forma de gerenciar a crise que tirou São Paulo da internet por 36 horas.


FONTE: Gazeta Mercantil

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Tarifação - Requisitos
NBR14503 de 09/2010

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Tarifação - Requisitos

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Encaminhamento - Requisitos
NBR14502 de 09/2010

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Encaminhamento - Requisitos

Engenharia de software - Avaliação de produto - Parte 4: Processo para adquirentes
NBRISO/IEC14598-4 de 05/2013

Engenharia de software - Avaliação de produto - Parte 4: Processo para adquirentes

Engenharia de software - Avaliação de produto - Parte 2: Planejamento e gestão
NBRISO/IEC14598-2 de 08/2013

Engenharia de software - Avaliação de produto - Parte 2: Planejamento e gestão

Tecnologia da informação - Processos de avaliação Parte 7: Avaliação da maturidade de uma organização
ABNT ISO/IEC TR15504-7 de 05/2015

Tecnologia da informação - Processos de avaliação Parte 7: Avaliação da maturidade de uma organização

Tecnologia da informação - Governança da TI para a organização
NBRISO/IEC38500 de 11/2018

Tecnologia da informação - Governança da TI para a organização

Tecnologia da informação — Técnicas de segurança — Gestão de riscos de segurança da informação
NBRISO/IEC27005 de 10/2019

Tecnologia da informação — Técnicas de segurança — Gestão de riscos de segurança da informação

Tecnologia de informação - Avaliação de produto de software - Parte 5: Processo para avaliadores
NBRISO/IEC14598-5 de 12/2017

Tecnologia de informação - Avaliação de produto de software - Parte 5: Processo para avaliadores

Tecnologia de informação - Avaliação de produto de software - Parte 1: Visão geral
NBRISO/IEC14598-1 de 08/2013

Tecnologia de informação - Avaliação de produto de software - Parte 1: Visão geral

Tecnologia da informação - Técnicas de segurança - Diretrizes para gestão da segurança da informação para organizações de telecomunicações baseadas na ABNT NBR ISO/IEC 27002
NBRISO/IEC27011 de 04/2019

Tecnologia da informação - Técnicas de segurança - Diretrizes para gestão da segurança da informação para organizações de telecomunicações baseadas na ABNT NBR ISO/IEC 27002

Tecnologia da informação - Técnicas de segurança - Diretrizes para os serviços de recuperação após um desastre na tecnologia da informação e de comunicação
NBRISO/IEC24762 de 10/2014

Tecnologia da informação - Técnicas de segurança - Diretrizes para os serviços de recuperação após um desastre na tecnologia da informação e de comunicação

Tecnologia de informação - Código Brasileiro para Intercâmbio de Informação - Padronização
NBR9611 de 02/1991

Tecnologia de informação - Código Brasileiro para Intercâmbio de Informação - Padronização

Central de comutação - Subsistema de usuário de rede digital de serviços integrados (RDSI-ISUP) - Sistema de sinalização por canal comum nº 7 - Especificação
NBR14509 de 09/2010

Central de comutação - Subsistema de usuário de rede digital de serviços integrados (RDSI-ISUP) - Sistema de sinalização por canal comum nº 7 - Especificação

Tecnologia da informação - Avaliação de processo Parte 6: Exemplo de modelo de avaliação de processo de ciclo de vida de sistema
ABNT ISO/IEC TR15504-6 de 10/2013

Tecnologia da informação - Avaliação de processo Parte 6: Exemplo de modelo de avaliação de processo de ciclo de vida de sistema

Engenharia de sistemas e software - Processos de ciclo de vida de sistema
NBRISO/IEC15288 de 08/2017

Engenharia de sistemas e software - Processos de ciclo de vida de sistema

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Interfaces de transmissão - Características elétricas e físicas - Requisitos
NBR14498 de 09/2010

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Interfaces de transmissão - Características elétricas e físicas - Requisitos

Engenharia de software - Avaliação de produto - parte 3: Processo paa desenvolvedores
NBRISO/IEC14598-3 de 05/2013

Engenharia de software - Avaliação de produto - parte 3: Processo paa desenvolvedores

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Serviços suplementares
NBR14495 de 09/2010

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Serviços suplementares

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T)  de pequeno e médio portes - Especificação
NBR14507 de 09/2010

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) de pequeno e médio portes - Especificação

Central de comutação - Discagem direta a ramal (DDR) de central privada de comutação telefônica (CPCT) tipo PABX - Especificação
NBR14511 de 09/2010

Central de comutação - Discagem direta a ramal (DDR) de central privada de comutação telefônica (CPCT) tipo PABX - Especificação

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Características de transmissão - Especificação
NBR14497 de 09/2010

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Características de transmissão - Especificação

Tecnologia da informação — Técnicas de segurança — Sistemas de gestão da segurança da informação — Requisitos
NBRISO/IEC27001 de 11/2013

Tecnologia da informação — Técnicas de segurança — Sistemas de gestão da segurança da informação — Requisitos

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Categorias e discriminações de terminais telefônicos e junções - Especificação
NBR14496 de 09/2010

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Categorias e discriminações de terminais telefônicos e junções - Especificação

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Identificação do terminal chamador para CPA com DTMF - Especificação
NBR14504 de 09/2010

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Identificação do terminal chamador para CPA com DTMF - Especificação

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - supervisão de tempo - Requisitos
NBR14505 de 09/2010

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - supervisão de tempo - Requisitos

Tecnologia da informação — Técnicas de segurança — Sistemas de gestão da segurança da informação — Monitoramento, medição, análise e avaliação
NBRISO/IEC27004 de 08/2017

Tecnologia da informação — Técnicas de segurança — Sistemas de gestão da segurança da informação — Monitoramento, medição, análise e avaliação

Tecnologia de informação - Sistemas de processamento de informação - Redes locais - Controle de enlace lógico
NBR12965 de 09/2011

Tecnologia de informação - Sistemas de processamento de informação - Redes locais - Controle de enlace lógico

Engenharia de software - Avaliação de produto - Parte 6: Documentação de módulos de avaliação
NBRISO/IEC14598-6 de 10/2004

Engenharia de software - Avaliação de produto - Parte 6: Documentação de módulos de avaliação

Central de comutação - Subsistema de transferência de mensagens (MTP) - Sistema de sinalização por canal comum nº 7 - Especificação
NBR14510 de 09/2010

Central de comutação - Subsistema de transferência de mensagens (MTP) - Sistema de sinalização por canal comum nº 7 - Especificação

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Requisitos
NBR14506 de 09/2010

Central pública de comutação temporal com controle por programa armazenado (CPA-T) - Requisitos

Tecnologia da informação - Técnicas de segurança - Código de Prática para controles de segurança da informação
NBRISO/IEC27002 de 11/2013

Tecnologia da informação - Técnicas de segurança - Código de Prática para controles de segurança da informação