Text page

Os requisitos normativos para os isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio

Quais devem ser as dimensões das placas? Quais os requisitos físicos dos produtos? Quais são as tolerâncias dimensionais das placas? Quais são os critérios de aceitação e rejeição dos produtos? Essas indagações estão sendo mostradas na NBR 10662 de 08/2012 - Isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio — Especificação.

05/01/2022 - Equipe Target

NBR 10662 de 08/2012 - Isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio — Especificação

A NBR 10662 de 08/2012 - Isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio — Especificação estabelece os requisitos para placas, tubos e segmentos de silicato de cálcio, para uso em superfícies entre 27 °C (80 °F) a 927 °C (1 700 °F). Esta norma não aborda os temas relacionados à segurança no manuseio, se existentes. Cabe ao fabricante a responsabilidade de divulgar o uso apropriado e as condições seguras de manuseio.

Acesse algumas questões relacionadas a essa norma GRATUITAMENTE no Target Genius Respostas Diretas:

Quais devem ser as dimensões das placas?

Quais os requisitos físicos dos produtos?

Quais são as tolerâncias dimensionais das placas?

Quais são os critérios de aceitação e rejeição dos produtos?

O silicato de cálcio é o nome comercial pelo qual é conhecido o hidrossilicato de cálcio com ou sem fibras, o qual possui as propriedades definidas nesta norma. Não é permitido o uso de amianto como componente na fabricação do material.

Pode ser do Tipo I que são as placas, tubos ou segmentos para temperaturas de 27 °C (80 °F) até 650 °C (1.200 °F); do Tipo II que são as placas, tubos ou segmentos para temperaturas de 27 °C (80°F) até 815 °C (1.500°F); e do Tipo III que são as placas para temperaturas de 27 °C (80 °F) até 927 °C (1 700 °F). Na sua composição, o silicato de cálcio, para uso em isolamento térmico, consiste principalmente em hidrossilicato de cálcio com incorporação de fibras de reforço.

O silicato de cálcio para uso em isolamento térmico pode ser fornecido na forma de placas, tubos, calhas e segmentos. As placas podem ter o comprimento e a largura que, em sua medição, devem ser efetuados em três pontos equidistantes ao longo do comprimento e da largura de cada placa, respeitando-se uma distância mínima de 60 mm das extremidades. As médias das medições são consideradas como comprimento e largura da peça em questão.

A espessura deve ser efetuada em três pontos equidistantes ao longo do comprimento nas duas bordas opostas, respeitando-se uma distância mínima de 50 mm das extremidades e profundidade mínima de 10 mm das bordas. A média das seis medições é considerada como espessura da peça em questão.

Clique na imagem acima para uma melhor visualização

 

Para o tubo isolante, o diâmetro interno deve ser considerado como a média de quatro medições de diâmetro, efetuadas nas duas extremidades do tubo (duas medições por extremidade). As duas medições em cada extremidade do tubo devem ser feitas formando um ângulo de 90° entre si e com um ângulo de 45° em relação ao plano formado pelas juntas das calhas, que formam o tubo em questão.

O fechamento deve ser efetuado com o tubo isolante montado no tubo a isolar, fazendo-se com que as juntas longitudinais tenham o melhor fechamento possível. O resultado é a maior folga encontrada ao longo destas juntas. Deve fechar com uma folga de até 4 mm ao longo de seu comprimento.

Para a calha, o comprimento deve ser efetuado em dois pontos lateralmente opostos, respeitando-se uma distância mínima de 20 mm das bordas, e a sua média é considerada como comprimento da peça em questão. A espessura deve ser efetuada em dois pontos ao longo da circunferência, uma em cada quadrante, nas duas extremidades da calha, respeitando-se uma distância mínima de 20 mm das juntas longitudinais e profundidade mínima de 10 mm. A média das quatro medições é considerada como espessura da peça em questão.

Para o segmento, o comprimento deve ser efetuado em dois pontos equidistantes da borda lateral, respeitando-se uma distância mínima de 20 mm destas bordas. A sua média é considerada como comprimento da peça em questão.

A espessura deve ser efetuada em dois pontos ao longo do arco, nas duas extremidades da peça, respeitando-se uma distância mínima de 20 mm das laterais e 10 mm de profundidade mínima. A sua média é considerada como espessura da peça em questão. Para a calha perna longa, os diâmetros internos dos tubos isolantes, perna longa, devem ser medidos na linha de centro do tubo a isolar, desconsiderando-se a perna longa.

FONTE: Equipe Target

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Cimento isolante térmico à base de silicato de cálcio - Determinação da capacidade de cobertura e variação volumétrica após secagem
NBR11981 de 04/2017

Cimento isolante térmico à base de silicato de cálcio - Determinação da capacidade de cobertura e variação volumétrica após secagem

Isolantes térmicos à base de fibras minerais - Determinação do teor de material não fibrado (shot)
NBR11628 de 10/2016

Isolantes térmicos à base de fibras minerais - Determinação do teor de material não fibrado (shot)

Isolantes térmicos com mantas de fibra cerâmica
NBR9688 de 03/2016

Isolantes térmicos com mantas de fibra cerâmica

Isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio ou sílica diatomácea — Determinação da resistência à compressão para placas — Método de ensaio
NBR10408 de 08/2012

Isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio ou sílica diatomácea — Determinação da resistência à compressão para placas — Método de ensaio

Cimento isolante à base de silicato de cálcio para rejuntamento - Especificação
NBR11777 de 06/1990

Cimento isolante à base de silicato de cálcio para rejuntamento - Especificação

Cimento isolante térmico à base de silicato de cálcio — Determinação da consistência
NBR11980 de 10/2017

Cimento isolante térmico à base de silicato de cálcio — Determinação da consistência

Isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio ou sílica diatomácea — Determinação da contração linear de massa para tubos e placas — Método de ensaio
NBR10409 de 08/2012

Isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio ou sílica diatomácea — Determinação da contração linear de massa para tubos e placas — Método de ensaio

Mantas termoisolantes à base de lã de rocha
NBR13047 de 05/2014

Mantas termoisolantes à base de lã de rocha

Isolante térmico em espuma de polietileno de baixa densidade expandido não reticulado pré-formado em tubos e mantas — Especificação
NBR16474 de 04/2016

Isolante térmico em espuma de polietileno de baixa densidade expandido não reticulado pré-formado em tubos e mantas — Especificação

Isolantes térmicos rígidos moldados em placas e calhas à base de perlita expandida — Especificação
NBR16279 de 03/2014

Isolantes térmicos rígidos moldados em placas e calhas à base de perlita expandida — Especificação

Painéis termoisolantes à base de fibra cerâmica
NBR9909 de 03/2016

Painéis termoisolantes à base de fibra cerâmica

Isolantes térmicos de lã de vidro — Flocos — Isolantes térmicos de lã de vidro — Flocos — Especificação
NBR11360 de 04/2020

Isolantes térmicos de lã de vidro — Flocos — Isolantes térmicos de lã de vidro — Flocos — Especificação

Isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio — Especificação
NBR10662 de 08/2012

Isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio — Especificação

Isolantes térmicos à base de fibras minerais — Painéis, mantas e feltros — Determinação das dimensões e da massa específica aparente
NBR11356 de 09/2016

Isolantes térmicos à base de fibras minerais — Painéis, mantas e feltros — Determinação das dimensões e da massa específica aparente

Painéis termoisolantes à base de lã de vidro
NBR11358 de 02/2013

Painéis termoisolantes à base de lã de vidro

Cimento isolante térmico — Amostragem e preparação de corpos de prova
NBR12245 de 04/2017

Cimento isolante térmico — Amostragem e preparação de corpos de prova

Isolantes térmicos - Determinação de íons-cloreto, fluoreto, silicato e sódio lixiviáveis
NBR12581 de 05/2020

Isolantes térmicos - Determinação de íons-cloreto, fluoreto, silicato e sódio lixiviáveis

Materiais celulares de poliestireno para isolamento térmico na construção civil e refrigeração industrial - Especificação
NBR11752 de 11/2016

Materiais celulares de poliestireno para isolamento térmico na construção civil e refrigeração industrial - Especificação

Feltros termoisolantes à base de lã de rocha
NBR11722 de 05/2014

Feltros termoisolantes à base de lã de rocha

Isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio ou sílica diatomácea — Determinação da resistência à abrasão para tubos e placas pré-moldados
NBR10410 de 08/2012

Isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio ou sílica diatomácea — Determinação da resistência à abrasão para tubos e placas pré-moldados

Cimento isolante térmico à base de silicato de cálcio - Determinação da resistência à compressão
NBR11982 de 04/2017

Cimento isolante térmico à base de silicato de cálcio - Determinação da resistência à compressão

Isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio ou sílica diatomácea — Determinação de massa específica aparente para placas
NBR10407 de 08/2012

Isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio ou sílica diatomácea — Determinação de massa específica aparente para placas

Isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio ou sílica diatomácea — Determinação da resistência à flexão para placas
NBR10661 de 08/2012

Isolantes térmicos pré-moldados de silicato de cálcio ou sílica diatomácea — Determinação da resistência à flexão para placas

Isolantes térmicos de lã de vidro feltros de lamelas — Especificação
NBR10412 de 08/2013

Isolantes térmicos de lã de vidro feltros de lamelas — Especificação

Espuma rígida de poliuretano para fins de isolação térmica - Determinação da massa específica aparente - Método de ensaio
NBR11506 de 02/1991

Espuma rígida de poliuretano para fins de isolação térmica - Determinação da massa específica aparente - Método de ensaio

Vermiculita expandida — Análise granulométrica — Método de ensaio
NBR11355 de 09/2015

Vermiculita expandida — Análise granulométrica — Método de ensaio

Sistema de espuma rígida de poliuretano para aplicações in situ pelo processo spray sobre coberturas
NBR16240 de 11/2013

Sistema de espuma rígida de poliuretano para aplicações in situ pelo processo spray sobre coberturas

Cordões termoisolantes de lã de vidro - Especificação
NBR11359 de 03/1989

Cordões termoisolantes de lã de vidro - Especificação

Espuma rígida de poliuretano para fins de isolação térmica - Permeabilidade ao vapor de água
NBR8081 de 11/2015

Espuma rígida de poliuretano para fins de isolação térmica - Permeabilidade ao vapor de água