Text page

IEC 60331-1: ensaios em cabos elétricos sob condições de fogo

Essa norma internacional, editada em 2018 pela International Electrotechnical Commission (IEC), especifica o método de ensaio para os cabos que são necessários para manter a integridade do circuito quando sujeitos a incêndio e choques mecânicos sob condições especificadas. Este documento é aplicável a cabos de tensão nominal não superior a 600 V/1.000 V, incluindo aqueles de tensão nominal abaixo de 80 V, cabos de dados e telecomunicações tipo metálicos e cabos de fibra óptica.

25/04/2018 - Equipe Target

Os ensaios em cabos elétricos sob condições de fogo

A IEC 60331-1:2018 - Tests for electric cables under fire conditions - Circuit integrity - Part 1: Test method for fire with shock at a temperature of at least 830°C for cables of rated voltage up to and including 0,6/1,0 kV and with an overall diameter exceeding 20 mm especifica o método de ensaio para os cabos que são necessários para manter a integridade do circuito quando sujeitos a incêndio e choques mecânicos sob condições especificadas. Este documento é aplicável a cabos de tensão nominal não superior a 600 V/1.000 V, incluindo aqueles de tensão nominal abaixo de 80 V, cabos de dados e telecomunicações tipo metálicos e cabos de fibra óptica.

Destina-se ao uso ao se ensaiar os cabos com mais de 20 mm de diâmetro total. Os cabos de menor diâmetro devem ser testados usando o equipamento, procedimento e requisitos da norma IEC 60331-2. Este documento inclui detalhes para o ponto específico de falha, arranjo de verificação de continuidade, amostra de ensaio, procedimento e relatório de ensaio relevante para energia elétrica e cabos de controle com tensão nominal até e incluindo 600 V/1,000 V.

Detalhes para o ponto específico de falha, arranjo de verificação de continuidade, amostra de teste, procedimento e relatório de ensaio relevante para dados metálicos de cabos de telecomunicação e cabos de fibra ótica não são fornecidos pela norma IEC 60331-1. Embora o escopo esteja restrito a cabos com tensão nominal até e incluindo 0,6/1,0 kV, o procedimento pode ser usado, com o consentimento do fabricante e do comprador, para cabos com tensão nominal de até 1 (inclusive), 8/3 (3,3) kV, desde que sejam utilizados fusíveis adequados.

Esta segunda edição cancela e substitui a primeira edição publicada em 2009. Constitui uma revisão técnica. Houve algumas mudanças técnicas significativas em relação à edição anterior. Por exemplo, a extensão do escopo para incluir dados metálicos e cabos de telecomunicação e cabos de fibra ótica, embora detalhes para ponto específico de falha, arranjo de verificação de continuidade, amostra de ensaio, procedimento e relatório de ensaio relevantes para dados metálicos e cabos de telecomunicação e fibra óptica não são especificados na norma.

Procurou fazer uma melhor descrição do ambiente de teste e a escada de ensaio de aço foi modificada com dois elementos verticais extras para acomodar o ensaio modificado de cabos de núcleo único sem camada de metal concêntrico e o ensaio de cabos com raio de curvatura em uso normal maior que aproximadamente 400 mm. Foi inserido o uso obrigatório de medidores/controladores de vazão mássicos como meio de controlar com precisão as vazões de entrada de combustível e ar para o queimador. Acrescentou -se uma melhor descrição da informação a incluir no relatório de ensaio.

Conteúdo da norma

PREFÁCIO........................4

INTRODUÇÃO....................6

1 Escopo...........................7

2 Referências normativas..........7

3 Termos e definições.................8

4 Ambiente de ensaio................8

5 Aparelho de ensaio..................8

5.1 Equipamento de ensaio.........8

5.2 Escada de ensaio e montagem...........12

5.3 Fonte de calor.............................13

5.3.1 Queimador.......................................13

5.3.2 Fluxômetros e vazões........................14

5.3.3 Verificação...........................................15

5.4 Dispositivo de produção de choque........................15

5.5 Posicionamento da fonte de calor........................16

5.6 Verificação de continuidade de arranjos de energia elétrica e cabos de controle com tensão nominal até e incluindo 600 V/1.000 V.......16

5.7 Fusíveis.............................................16

6 Amostra de ensaio (energia elétrica e cabos de controle com tensão nominal até e incluindo 600 V/1.000 V)..............................16

6.1 Preparação de amostras de ensaio.........................16

6.2 Montagem da amostra de ensaio............................17

6.2.1 Cabos de núcleo único com camada metálica concêntrica e cabos multicore............17

6.2.2 Cabos de núcleo único sem camada metálica concêntrica.........19

7 Procedimento de ensaio (energia elétrica e cabos de controle com tensão nominal até e incluindo 600 V/1.000 V)...............................20

7.1 Equipamento de ensaio e arranjo..............................20

7.2 Conexões elétricas ............................................20

7.3 Aplicação de chama e choque..............................22

7.4 Eletrificação ............................................22

8 Requisitos de desempenho (energia elétrica e cabos de controle com tensão nominal até e incluindo 600/1.000 V)...............................23

8.1 Tempo de aplicação da chama..............................23

8.2 Critérios de aceitação...........................................23

9 Procedimento de reensaio........................................23

10 Relatório de ensaio (energia elétrica e cabos de controle com tensão nominal até e incluindo 600 V/1.000 V) ............................23

11 Marcação do cabo......................................23

Anexo A (normativo) Procedimento de verificação da fonte de calor...........24

A.1 Equipamento de medição..............................................24

A.2 Procedimento.................................................24

A.3 Avaliação............................................25

A.4 Verificação adicional.............................25

A.5 Relatório de verificação...........................25

Anexo B (informativo) Orientação sobre a escolha do aparelho de ensaio recomendado (queimador e venturi)..........................26

Bibliografia...................27

A IEC 60331 consiste das seguintes partes sob o título geral: Ensaios para cabos elétricos sob condições de fogo - integridade do circuito: Parte 1: Método de ensaio para incêndio com choque a uma temperatura mínima de 830 ° C de cabos de tensão até e incluindo 0,6/ 1,0 kV e com um diâmetro total superior a 20 mm; Parte 2: Método de ensaio para incêndio com choque a uma temperatura mínima de 830 ° C de cabos de tensão até e incluindo 0,6/1,0 kV e com um diâmetro total não superior a 20 mm; Parte 3: Método de ensaio para incêndio com choque a uma temperatura mínima de 830 ° C de cabos de tensão até e incluindo 0,6/1,0 kV testada em invólucro metálico; Parte 11: Instrumento - Incêndio sozinho a uma temperatura de chama de pelo menos 750°C; Parte 21: Procedimentos e requisitos - Cabos de tensão nominal até e incluindo 0,6/1,0 kV; Parte 23: Procedimentos e requisitos - Cabos elétricos de dados; Parte 25: Procedimentos e requisitos - Cabos de fibra ótica.

As partes 21, 23 e 25 referem-se a condições somente de fogo a uma temperatura de chama de pelo menos 750°C. As partes 11, 21, 23 e 25 não estão mais sujeitas a manutenção. A IEC 60331, Partes 1 e 2, são os procedimentos de ensaio recomendados. Desde sua primeira edição (1970), a IEC 60331 foi ampliada e introduziu uma série de ensaios e instrumentos para que um ensaio possa ser realizado em grandes e pequenas potências, controle, dados e cabos de fibra ótica. Ensaios bem-sucedidos realizados de acordo com esta norma permitirão que uma identificação seja marcada no produto.

FONTE: Equipe Target

Anúncio fixo da norma NBRISO9001 Chegou o novo app Target GEDWeb!
Busque e visualize suas normas ABNT NBR NM
Recursos exclusivos de busca, leitura por voz,
acesso off-line, navegação por setor e muito mais!
Produto/Serviço relacionado à NBRISO9001

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Fios e cabos elétricos - Ensaio de capacitância e fator de dissipação
NBR7295 de 11/2010

Fios e cabos elétricos - Ensaio de capacitância e fator de dissipação

Métodos de ensaios para cabos elétricos submetidos ao fogo - Parte 3-10: Ensaio de propagação vertical da chama de cabos em feixes na posição vertical - Equipamento de ensaio
NBRNM-IEC60332-3-10 de 02/2005

Métodos de ensaios para cabos elétricos submetidos ao fogo - Parte 3-10: Ensaio de propagação vertical da chama de cabos em feixes na posição vertical - Equipamento de ensaio

Métodos de ensaios para cabos elétricos sob condições de fogo - Parte 3-23: Ensaio de propagação vertical da chama em condutores ou cabos em feixes montados verticalmente - Categoria B
NBRNM-IEC60332-3-23 de 02/2005

Métodos de ensaios para cabos elétricos sob condições de fogo - Parte 3-23: Ensaio de propagação vertical da chama em condutores ou cabos em feixes montados verticalmente - Categoria B

Fios e cabos elétricos - Ensaio de impulso atmosférico
NBR7296 de 11/2010

Fios e cabos elétricos - Ensaio de impulso atmosférico

Métodos de ensaios para cabos elétricos sob condições de fogo - Parte 3-24: Ensaio de propagação vertical da chama em condutores ou cabos em feixes montados verticalmente - Categoria C
NBRNM-IEC60332-3-24 de 02/2005

Métodos de ensaios para cabos elétricos sob condições de fogo - Parte 3-24: Ensaio de propagação vertical da chama em condutores ou cabos em feixes montados verticalmente - Categoria C

Métodos de ensaios para cabos elétricos sob condições de fogo - Parte 3-22: Ensaio de propagação vertical da chama em condutores ou cabos em feixes montados verticalmente - Categoria A
NBRNM-IEC60332-3-22 de 02/2005

Métodos de ensaios para cabos elétricos sob condições de fogo - Parte 3-22: Ensaio de propagação vertical da chama em condutores ou cabos em feixes montados verticalmente - Categoria A

Métodos de ensaios para cabos elétricos sob condições de fogo - Parte 3-21: Ensaio de propagação vertical da chama em condutores ou cabos em feixes montados verticalmente - Categoria A F/R
NBRNM-IEC60332-3-21 de 02/2005

Métodos de ensaios para cabos elétricos sob condições de fogo - Parte 3-21: Ensaio de propagação vertical da chama em condutores ou cabos em feixes montados verticalmente - Categoria A F/R

Fios e cabos elétricos - Ensaio de determinação do índice de toxidez dos gases desenvolvidos durante a combustão dos materiais poliméricos - Método de ensaio
NBR12139 de 12/1991

Fios e cabos elétricos - Ensaio de determinação do índice de toxidez dos gases desenvolvidos durante a combustão dos materiais poliméricos - Método de ensaio

Fios e cabos elétricos - Ensaio de resistência elétrica
NBR6814 de 03/1986

Fios e cabos elétricos - Ensaio de resistência elétrica

Métodos de ensaios em cabos elétricos sob condições de fogo - Parte 1: Ensaio em um único condutor ou cabo isolado na posição vertical
NBRNM-IEC60332-1 de 02/2005

Métodos de ensaios em cabos elétricos sob condições de fogo - Parte 1: Ensaio em um único condutor ou cabo isolado na posição vertical

Fios e cabos elétricos - Ensaios de descargas parciais
NBR7294 de 11/2010

Fios e cabos elétricos - Ensaios de descargas parciais

Métodos de ensaios para cabos elétricos sob condições de fogo - Parte 3-25: Ensaio de propagação vertical da chama em condutores ou cabos em feixes montados verticalmente - Categoria D
NBRNM-IEC60332-3-25 de 02/2005

Métodos de ensaios para cabos elétricos sob condições de fogo - Parte 3-25: Ensaio de propagação vertical da chama em condutores ou cabos em feixes montados verticalmente - Categoria D