Text page

ASME B31.4: tubulações de transporte de líquidos e lodos

Essa norma, editada em 2016 pela American Society of Mechanical Engineers (ASME), define os requisitos para a concepção, materiais, construção, montagem, inspeção, testes, operação e manutenção de sistemas de tubulações de líquidos e lodos entre os campos de produção ou instalações, depósitos de petróleo, instalações de armazenamento acima ou abaixo do solo, plantas de processamento de gás natural, refinarias, etc.

20/04/2016 - Equipe Target

Tubulações de transporte de líquidos e lodo

A ASME B31.4-2016 - Pipeline Transportation Systems for Liquids and Slurries define os requisitos para a concepção, materiais, construção, montagem, inspeção, testes, operação e manutenção de sistemas de tubulações de líquidos entre os campos de produção ou instalações, depósitos de petróleo, instalações de armazenamento acima ou abaixo do solo, plantas de processamento de gás natural, refinarias , estações de bombeamento, plantas de amônia, terminais (marinha, ferroviário e caminhões), e outra de entrega e pontos de recepção, bem como condutas que transportam líquidos dentro de estações de bombeamento, parques de tanques e terminais associados com os sistemas de tubulações de líquidos.

Este código também define os requisitos para a concepção, materiais, construção, montagem, inspeção, testes, operação e manutenção de tubulação transporte de suspensões aquosas de materiais não perigosos, tais como o carvão, minérios, concentrados, e outros materiais sólidos, entre uma planta de processamento de pasta ou terminal e um centro de recebimento ou terminal.

O sistema de dutos pode incluir tubos, flanges, parafusos, juntas, válvulas, dispositivos de alívio, conexões e partes de outros componentes de tubulação. Ele também inclui cabides e suportes, e outros itens necessários para evitar a sobrecarga de pressão. Não inclui estruturas de apoio, tais como quadros de edifícios, postes, ou fundações, ou qualquer outro equipamento.

Também estão incluídos no âmbito deste Código: tubos para petróleo líquido e tubulação de amônia anidra líquida nos terminais, parques de reservatórios, estações de bombeamento, estações de redução de pressão e estações de medição. Incorpora os aspectos de operação e manutenção de sistemas de tubulações de líquidos relacionados com a segurança e proteção do público em geral, o pessoal operacional da empresa, meio ambiente, propriedade e os sistemas de tubulação.

As mudanças chave para esta revisão incluem um escopo revisto e atualizações para a seções no Capítulo II. Um novo parágrafo foi incluído no Capítulo III, para as necessidades de material em aplicações de baixa temperatura. Além disso, algumas alterações foram incluídas ao longo de referenciar requisitos mínimos de espessura de parede conforme permitido pelas especificações de fabricação.

A aplicação desta norma irá ajudar os usuários a cumprir com os regulamentos aplicáveis dentro de suas jurisdições, ao conseguir os benefícios operacionais, de custos e de segurança. Destinada aos projetistas de tubulações de líquidos, proprietários, reguladores, inspetores e fabricantes. As indústrias primárias servidas incluem as de dióxido de carbono, álcool líquido, amônia anidra líquida e produtos petrolíferos líquidos.

Este código destina-se a dutos para o transporte de líquidos incluindo, mas não se limitando a petróleo bruto, condensado, produtos petrolíferos líquidos, gasolina natural, gás natural, gás de petróleo liquefeito, dióxido de carbono (supercrítico), álcool líquido, amoníaco anidro líquido, água de injeção, salmoura, biocombustíveis e lodos. Ao longo deste código, esses sistemas serão referidos sistemas de oleodutos como líquidos.

As exigências deste código são adequadas para segurança em condições normalmente encontradas na operação de sistemas de tubulações de líquidos. Apresenta os requisitos para todas as condições anormais ou incomuns não especificamente previstas, nem para todos os detalhes de engenharia e construção prescritos. Todo o trabalho realizado dentro do âmbito deste código devem cumprir as normas de segurança expressa ou implícita.

O principal objetivo deste código é estabelecer os requisitos para um projeto seguro, construção, inspeção, teste, operação e manutenção de tubulações de líquidos para a proteção do público em geral e pessoal operacional da empresa, bem como para razoável proteção do sistema de tubulação contra o vandalismo e danos acidentais por outros, e uma proteção razoável do meio ambiente. Este código está preocupado com a segurança dos funcionários que podem ser afetados pelo projeto básico, a qualidade de materiais e mão de obra, e os requisitos para construção, inspeção, testes, operação e manutenção dos sistemas de tubulações de líquidos.

FONTE: Equipe Target

Anúncio fixo da norma NBRISO9001 Chegou o novo app Target GEDWeb!
Busque e visualize suas normas ABNT NBR NM
Recursos exclusivos de busca, leitura por voz,
acesso off-line, navegação por setor e muito mais!
Produto/Serviço relacionado à NBRISO9001

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Emprego de cores para identificação de tubulações em usinas e refinarias de açúcar e destilarias de álcool
NBR7485 de 10/1994

Emprego de cores para identificação de tubulações em usinas e refinarias de açúcar e destilarias de álcool

Tubulação de polietileno PE 80 e PE 100 para transporte de água e esgoto sob pressão — Requisitos
NBR15561 de 06/2017

Tubulação de polietileno PE 80 e PE 100 para transporte de água e esgoto sob pressão — Requisitos

Emprego de cores para identificação de tubulações industriais
NBR6493 de 11/2019

Emprego de cores para identificação de tubulações industriais

Indústrias de petróleo e gás natural — Tubulação de compósito - Parte 2: Qualificação e fabricação
NBR15921-2 de 11/2021

Indústrias de petróleo e gás natural — Tubulação de compósito - Parte 2: Qualificação e fabricação

Manuseio, armazenamento e assentamento de tubulações de poli (cloreto de vinila) não plastificado (PVC-U) para transporte de água e de tubulações de poli (cloreto de vinila) não plastificado orientado (PVC-O) para transporte de água ou esgoto sob pressão positiva
NBR9822 de 03/2012

Manuseio, armazenamento e assentamento de tubulações de poli (cloreto de vinila) não plastificado (PVC-U) para transporte de água e de tubulações de poli (cloreto de vinila) não plastificado orientado (PVC-O) para transporte de água ou esgoto sob pressão positiva

Sistemas para distribuição e adução de água e transporte de esgotos sob pressão — Requisitos para reparo de tubulação de polietileno PE 80 e PE 100
NBR15979 de 09/2011

Sistemas para distribuição e adução de água e transporte de esgotos sob pressão — Requisitos para reparo de tubulação de polietileno PE 80 e PE 100

Sistemas de tubulações plásticas para instalações prediais de água quente e fria — Polietileno reticulado (PE-X) - Parte 2: Procedimentos para projeto
NBR15939-2 de 04/2011

Sistemas de tubulações plásticas para instalações prediais de água quente e fria — Polietileno reticulado (PE-X) - Parte 2: Procedimentos para projeto

Sistemas de tubulações plásticas para instalações prediais de água quente e fria — Polietileno reticulado (PE-X) - Parte 3: Procedimentos para instalação
NBR15939-3 de 04/2011

Sistemas de tubulações plásticas para instalações prediais de água quente e fria — Polietileno reticulado (PE-X) - Parte 3: Procedimentos para instalação

Sistemas para distribuição e adução de água e transporte de esgotos sob pressão — Requisitos para instalação de tubulação de polietileno PE 80 e PE 100
NBR15950 de 05/2011

Sistemas para distribuição e adução de água e transporte de esgotos sob pressão — Requisitos para instalação de tubulação de polietileno PE 80 e PE 100

Anel de borracha para tubulação de PVC rígido — Determinação da dureza
NBR7423 de 06/2015

Anel de borracha para tubulação de PVC rígido — Determinação da dureza

Dimensionamento de ancoragens para tubulação - Procedimento
NBR13211 de 10/1994

Dimensionamento de ancoragens para tubulação - Procedimento

Tubulações de PVC-O (cloreto de polivinila não plastificado orientado) para sistemas de transporte de água ou esgoto sob pressão — Requisitos e métodos de ensaios
NBR15750 de 04/2020

Tubulações de PVC-O (cloreto de polivinila não plastificado orientado) para sistemas de transporte de água ou esgoto sob pressão — Requisitos e métodos de ensaios

Emprego de cores para identificação de tubulações de gases industriais
NBR13193 de 11/2019

Emprego de cores para identificação de tubulações de gases industriais

Assentamento de tubulação de poliéster reforçado com fibras de vidro - Procedimento
NBR10848 de 06/1988

Assentamento de tubulação de poliéster reforçado com fibras de vidro - Procedimento

Sistemas de tubulações plásticas para fornecimento de gases combustíveis — Sistemas de tubos de poliamida não plastificada (PA-U) com união por solda e união mecânicas - Parte 6: Código de práticas para projeto, manuseio e instalação
NBRISO16486-6 de 07/2014

Sistemas de tubulações plásticas para fornecimento de gases combustíveis — Sistemas de tubos de poliamida não plastificada (PA-U) com união por solda e união mecânicas - Parte 6: Código de práticas para projeto, manuseio e instalação

Sistemas de tubulações plásticas para fornecimento de gases combustíveis - Sistemas de tubos de poliamida não plastifi cada (PA-U) com união por solda e união mecânica - Parte 5: Adequação para a finalidade do sistema
NBRISO16486-5 de 01/2014

Sistemas de tubulações plásticas para fornecimento de gases combustíveis - Sistemas de tubos de poliamida não plastifi cada (PA-U) com união por solda e união mecânica - Parte 5: Adequação para a finalidade do sistema

Sistemas de tubulações plásticas para fornecimento de gases combustíveis - Sistemas de tubos de poliamida não plastificada (PA-U) com união por solda e/união mecânica - Parte 3: Conexões
NBRISO16486-3 de 08/2013

Sistemas de tubulações plásticas para fornecimento de gases combustíveis - Sistemas de tubos de poliamida não plastificada (PA-U) com união por solda e/união mecânica - Parte 3: Conexões

Assentamento de tubulações de ferro fundido dúctil para condução de água sob pressão - Procedimento
NBR12595 de 04/1992

Assentamento de tubulações de ferro fundido dúctil para condução de água sob pressão - Procedimento

Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis — Tubulação não metálica subterrânea — Polietileno
NBR14722 de 07/2020

Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis — Tubulação não metálica subterrânea — Polietileno

Sistemas para redes de distribuição e adução de água e transporte de esgotos sob pressão — Verificação da estanqueidade hidrostática em tubulações de polietileno
NBR15952 de 05/2011

Sistemas para redes de distribuição e adução de água e transporte de esgotos sob pressão — Verificação da estanqueidade hidrostática em tubulações de polietileno

Indústrias de petróleo e gás natural — Tubulação de compósito - Parte 1: Vocabulário, símbolos, aplicações e materiais
NBR15921-1 de 11/2021

Indústrias de petróleo e gás natural — Tubulação de compósito - Parte 1: Vocabulário, símbolos, aplicações e materiais

Tubulação para a indústria de petróleo e gás natural
NBRISO15649 de 09/2004

Tubulação para a indústria de petróleo e gás natural

Sistemas de tubulações plásticas para instalações prediais de água quente e fria — Polietileno reticulado (PE-X) - Parte 1: Requisitos e métodos de ensaio
NBR15939-1 de 04/2011

Sistemas de tubulações plásticas para instalações prediais de água quente e fria — Polietileno reticulado (PE-X) - Parte 1: Requisitos e métodos de ensaio

Indústrias de petróleo e gás natural — Tubulação de compósito - Parte 3: Projeto do sistema
NBR15921-3 de 11/2021

Indústrias de petróleo e gás natural — Tubulação de compósito - Parte 3: Projeto do sistema

Sistemas de tubulações plásticas para fornecimento de gases combustíveis - Sistemas de tubos de poliamida não plastificada (PA-U) com união por solda e união mecânica - Parte 2: Tubos
NBRISO16486-2 de 08/2013

Sistemas de tubulações plásticas para fornecimento de gases combustíveis - Sistemas de tubos de poliamida não plastificada (PA-U) com união por solda e união mecânica - Parte 2: Tubos

Sistemas de tubulações plásticas para fornecimento de gases combustíveis - Sistemas de tubos de poliamida não plastificada (PA-U) com união por solda e união mecânica - Parte 1: Generalidades
NBRISO16486-1 de 08/2013

Sistemas de tubulações plásticas para fornecimento de gases combustíveis - Sistemas de tubos de poliamida não plastificada (PA-U) com união por solda e união mecânica - Parte 1: Generalidades

Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis - Parte 3: Sistemas de tubulações
NBR17505-3 de 02/2013

Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis - Parte 3: Sistemas de tubulações

Indústrias de petróleo e gás natural – Tubulação de compósito - Parte 4: Fabricação, montagem e operação
NBR15921-4 de 11/2021

Indústrias de petróleo e gás natural – Tubulação de compósito - Parte 4: Fabricação, montagem e operação