Text page

Segurança em elevadores conforme as normas técnicas

Nas grandes cidades, todos pensam que o automóvel é o transporte mais usado, mas estão enganados: é o elevador. Por mais que não se tenha essa visão, ele é sim um meio de transporte. E o equipamento precisa e é obrigatório que seja fabricado conforme as normas técnicas, tenha uma manutenção correta, tudo para que o transporte vertical se torne ainda mais seguro.

17/12/2014 - Equipe Target

Evolução e tecnologia fizeram dos elevadores um meio de transporte muito seguro

Os elevadores transportam as pessoas entre andares em prédio e poupam o esforço de subir dezenas de degraus. Além de prédios residenciais, estão presentes nos prédios empresariais, shoppings, supermercados e até em metros. O Departamento de Controle de Uso de Imóveis (Contru-SP) fez um levantamento ou estimou que cerca de 55 mil elevadores da capital do estado de são Paulo, realizam mais de 11 milhões de viagem por dia.

Outro dado apresentado é que em média, cada elevador chega a realiza 10 viagens por hora, em um dia são aproximadamente 200 viagens, se consideramos que os elevadores operam das 06h à 00h. Além disso, os elevadores são considerados o meio de transportes mais seguro. Um dos motivos são os equipamentos que o compões, como os cabos de aço para o funcionamentos e outros cabos para emergência.

O uso do elevador é tão importante que existem leis nacionais que determinam que todos os prédios comerciais com mais de três andares devem ter elevadores. Estas leis ainda obrigam que os elevadores devem ser vistoriados anualmente e devem estar dentro dos padrões de segurança. Isso garante ainda mais a segurança deste meio de transporte, que não só transporta passageiros, mas que também faz elevação de cargas em construções, por exemplo.

Eles devem ser fabricados conforme as normas técnicas. A NBR 15597 de 07/2010 - Requisitos de segurança para a construção e instalação de elevadores - Elevadores existentes - Requisitos para a melhoria de segurança dos elevadores elétricos de passageiros e elevadores elétricos de passageiros e cargas estabelece regras para melhoria da segurança dos elevadores de passageiros existentes, com o objetivo de atingir um nível equivalente de segurança àquele de um elevador recentemente instalado conforme a NBR NM 207 e aplicando o que há de mais avançado em segurança. Se aplica a elevadores elétricos permanentemente instalados, servindo níveis de pavimento definidos, contendo um carro projetado para o transporte de pessoas e movendo-se entre guias inclinadas no máximo 15º com a vertical, com acionamento por tração. Inclui a melhoria da segurança de elevadores de passageiros existentes para: usuários; pessoal de manutenção e extensão; pessoas fora da caixa, casa de máquinas e casa de polias; e quaisquer pessoas autorizadas.

A NBR 16042 de 04/2012 - Elevadores elétricos de passageiros - Requisitos de segurança para construção e instalação de elevadores sem casa de máquinas especifica as regras de segurança para a construção e instalação de elevadores elétricos novos, sem casa de máquinas, instalados permanentemente, servindo pavimentos definidos, com carro projetado para o transporte de pessoas e objetos, com acionamento por tração, suspenso por cabos e movendo-se entre guias inclinadas no máximo 15° com a vertical. Em casos especiais, em complementação os requisitos desta norma, devem ser considerados requisitos suplementares (atmosfera explosiva, condições climáticas extremas, terremotos, transporte de mercadorias perigosas, etc.). Não se aplica a:a) elevadores diferentes daqueles estabelecidos em 1.1;b) instalação de elevadores sem casa de máquinas em edifícios existentes1 para acomodação que o espaço não permite;c) modificações importantes (ver Anexo E) para um elevador instalado antes que esta Norma tenha sido colocada em aplicação;d) instalações onde a inclinação das guias com a vertical excede 15°;e) segurança durante o transporte, reparos e desmontagem de elevadores. Contudo, esta norma pode ser tomada como referência. Ruído e vibrações não são tratados nesta Norma, porque não são relevantes para o uso seguro do elevador. Não especifica os requisitos necessários para o uso de elevadores em caso de incêndio.

A NBRNM 313 de 07/2007 - Elevadores de passageiros - Requisitos de segurança para construção e instalação - Requisitos particulares para a acessibilidade das pessoas, incluindo as pessoas com deficiência especifica os requisitos para o acesso e uso seguros e independentes de elevadores por pessoas, incluindo pessoas com deficiências. Esta norma deve ser aplicada em conjunto com as normas NM 207 e NM 267, uma vez que é complementar às mesmas.

A NBRNM 207 de 01/1999 - Elevadores elétricos de passageiros - Requisitos de segurança para construção e instalação define as regras de segurança relativas a elevadores de passageiros com vistas a proteger as pessoas e objetos contra os riscos de acidentes relacionados com as operações pelo usuário, de manutenção e de emergência de elevadores.

Por tudo isso, o elevador é considerado o transporte mais seguro do mundo, pois o equipamento, ao longo do tempo, veio se desenvolvendo, associando à segurança qualidades como o conforto e a sofisticação. Junto a este desenvolvimento as normas foram se tornando cada vez mais precisas, prevendo medidas de adequação com relação aos componentes do elevador, requisitos de acessibilidade, tempo de renovação de peças, entre muitas outras, tudo para que o transporte vertical se tornasse ainda mais seguro.

Mas, mesmo assim, ainda existem muitas pessoas que sentem certo receio de andar nele por temer problemas como quedas. No entanto, é preciso esclarecer que isto não é necessário.

Conforme as normas, os elevadores são sustentados por, no mínimo, três cabos de aço de altíssima resistência. Desta forma, mesmo que algum deles se rompa, haverá outros dois que garantirão o funcionamento adequado do equipamento, sem haver qualquer tipo de queda. E ainda que dois deles sofram algum problema, o único restante garantirá uma performance segura.

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Segurança de máquinas - Conceitos fundamentais, princípios gerais de projeto - Parte 2: Princípios técnicos e especificações
NBRNM213-2 de 12/2013

Segurança de máquinas - Conceitos fundamentais, princípios gerais de projeto - Parte 2: Princípios técnicos e especificações

Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos
NBR9050 de 08/2020

Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos

Segurança de máquinas - Conceitos fundamentais, princípios gerais de projeto - Parte 1: Terminologia básica e metodologia
NBRNM213-1 de 12/2013

Segurança de máquinas - Conceitos fundamentais, princípios gerais de projeto - Parte 1: Terminologia básica e metodologia

Elevadores de passageiros e monta-cargas - Guias para carros e contrapesos - Perfil T
NBRNM196 de 05/1999

Elevadores de passageiros e monta-cargas - Guias para carros e contrapesos - Perfil T

Segurança de máquinas - Distâncias de segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros superiores
NBRNM-ISO13852 de 03/2021

Segurança de máquinas - Distâncias de segurança para impedir o acesso a zonas de perigo pelos membros superiores

Segurança de máquinas — Princípios gerais de projeto — Apreciação e redução de riscos
NBRISO12100 de 12/2013

Segurança de máquinas — Princípios gerais de projeto — Apreciação e redução de riscos