Text page

Os requisitos obrigatórios para as lâmpadas LED

Esse tipo de iluminação está na moda, mas o consumidor precisa ter cuidados porque existem no mercado produtos de baixa qualidade que podem queimar rapidamente. Por isso, só deve comprar lâmpadas fabricadas de acordo com as normas técnicas.

20/06/2013 - Equipe Target

A normalização para as lâmpadas LED

A ABNT IEC/PAS 62612:2013 - Lâmpadas LED com dispositivo de controle incorporado para serviços de iluminação geral - Requisitos de desempenho especifica os requisitos de desempenho para lâmpadas LED com dispositivo de controle incorporado, com tensão de alimentação até 250 V, juntamente com os métodos de ensaio e condições requeridas, previstas para uso doméstico e iluminação geral similar, tendo:potência nominal de até 60 W; tensão nominal de até 250 V C.A. ou CC; bases da lâmpada de acordo com NBR IEC 62560. Os requisitos desta norma referem-se apenas aos ensaios de tipo. Não abrange lâmpadas de LED com dispositivo de controle incorporado que produzam intencionalmente luz colorida, nem OLED. As recomendações para ensaios de produto completos ou ensaio de lote estão sob consideração. Estes requisitos de desempenho são adicionais aos requisitos da NBR IEC 62560 (padrão de segurança para lâmpadas de LED com dispositivo de controle incorporado). Quando operado em uma luminária, os dados de desempenho declarados podem desviar os valores estabelecidos através desta norma.

Já a NBR IEC 62560:2013 - Lâmpadas LED com dispositivo de controle incorporado para serviços de iluminação geral para tensão > 50 V — Especificações de segurança especifica os requisitos de segurança e intercambialidade, juntamente com os métodos de ensaio e condições necessárias para demonstrar a conformidade de lâmpadas LED, com meios integrados para um funcionamento pleno (lâmpadas LED com reator incorporado), previstas para uso doméstico e iluminação geral similar, tendo: potência nominal de até 60 W; tensão nominal de > 50 V até 250 V; bases de acordo com a Tabela 1, disponível na norma. Os requisitos dessa norma referem-se apenas aos ensaios de tipo. As recomendações para o ensaio do produto ou ensaio de lote inteiro são idênticas às previstas no Anexo C da NBR IEC 62031. Sempre que nessa norma o termo "lâmpada(s)" for usado, é entendido como "lâmpada(s) LED com dispositivo de controle incorporado", exceto onde é obviamente atribuído a outros tipos de lâmpadas.

Para a ABNT IEC/PAS 62612 de desempenho, os dados constantes no item 4.2 devem ser fornecidos visivelmente (além dos dados obrigatórios do ABNT NBR IEC 62560) pelo fabricante ou fornecedor responsável, e localizados. As dimensões da lâmpada LED devem satisfazer os requisitos indicados pelo fabricante ou fornecedor responsável. Os contornos da lâmpada LED não podem exceder os da lâmpada a ser substituída (ver também IEC 60630).

As condições de ensaio para as características elétricas e fotométricas, manutenção do fluxo luminoso e a vida são dadas no Anexo ª Todos os ensaios são realizados em “n” lâmpadas. O número “n” é declarado pelo fabricante ou pelo fornecedor responsável, mas deve ser um mínimo de 20 lâmpadas. As lâmpadas que se destinam a fins de retrofit devem ser equipadas com meios adequados de resfriamento. Quanto à temperatura de cor e reprodução de cor, é feita referência à IEC 60081, Anexo D: Coordenadas de cromaticidade. A temperatura de cor correlata (TCC) nominal de uma lâmpada deve ser de preferência um dos seguintes seis valores: 2 700 K, 3 000 K, 3 500 K, 4 000 K, 5 000 K ou 6 500 K.

A vida de uma lâmpada LED com dispositivo de controle incorporado (conforme definido em 3.7) é o resultado combinado do desempenho de manutenção do fluxo luminoso (ver 10.1) e a vida útil do dispositivo de controle eletrônico incorporado (ver 10.2) para o qual um ensaio de durabilidade é usado como uma indicação de sua confi abilidade e vida útil. Ambos os elementos são ensaiados. É feita referência às definições de 3.7 e 3.9, que descrevem a porcentagem indicada de lâmpadas ensaiadas de um lote total (B50 ou B10) que podem falhar aos requisitos de ensaio de 10.1 e 10.2.

Na sua introdução, a NBR IEC 62560 informa que existem no mercado produtos à base de LED que substituem as lâmpadas existentes, quer sejam lâmpadas incandescentes ou lâmpadas fluorescentes com reator incorporado à base, ou substituto para lâmpadas halógenas com fi lamento de tungstênio abaixo de 50 V. Essa norma abrange a faixa de tensão de alimentação de > 50 V até 250 V. Uma norma de segurança para lâmpadas LED com tensões ≤ 50 V será proposta posteriormente no tempo adequado.

As lâmpadas devem ser projetadas e construídas de forma que, em uso normal, funcionem de forma confiável e não causem qualquer perigo para o usuário ou arredores. Em geral, a conformidade é verificada através da realização de todos os ensaios especifi cados. As lâmpadas LED com dispositivo de controle incorporado são não reparáveis, seladas de fábrica. Elas não podem ser abertas para quaisquer ensaios. Em caso de dúvida, com base na inspeção da lâmpada e na análise do diagrama do circuito, e de acordo com o fabricante ou fornecedor responsável, ou os terminais de saída devem ser curto-circuitados, ou de acordo com o fabricante, lâmpadas especialmente preparadas para que uma condição de falha possa ser simulada devem ser submetidas a ensaio (ver Seção 13).

Em geral, todos os ensaios são realizados em cada tipo de lâmpada ou, quando uma série de lâmpadas semelhantes é envolvida, todos os ensaios são realizados para cada potência da série ou em uma seleção representativa da série, conforme acordado com o fabricante. Quando uma lâmpada falha em segurança durante um dos ensaios, ela é substituída, desde que fogo, fumaça ou gás inflamável não seja produzido. Outros requisitos de segurança são dados na Seção 12.

FONTE: Equipe Target

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Módulos de LED para iluminação em geral - Especificações de segurança
NBRIEC62031 de 06/2022

Módulos de LED para iluminação em geral - Especificações de segurança

Dispositivo de controle eletrônico da lâmpada - Parte 2-13: Requisitos particulares para dispositivos de controle eletrônicos alimentados em c.c ou c.a para os módulos de LED
NBRIEC61347-2-13 de 12/2020

Dispositivo de controle eletrônico da lâmpada - Parte 2-13: Requisitos particulares para dispositivos de controle eletrônicos alimentados em c.c ou c.a para os módulos de LED

Sinalização semafórica viária — Módulo semafórico com base em diodos emissores de luz (LED) — Requisitos e métodos de ensaio
NBR15889 de 06/2019

Sinalização semafórica viária — Módulo semafórico com base em diodos emissores de luz (LED) — Requisitos e métodos de ensaio

Termos e definições para LEDs e os módulos de LED de iluminação geral
ABNT IEC/TS62504 de 09/2021

Termos e definições para LEDs e os módulos de LED de iluminação geral