Text page

NBR 6355: a padronização dos perfis estruturais de aço formados a frio

Essa norma, editada em 2012, fixa os requisitos exigíveis dos perfis estruturais de aço formados a frio, com seção transversal aberta.

28/12/2012 - Equipe Target

Perfis estruturais de aço formados a frio

A NBR 6355 de 11/2012 - Perfis estruturais de aço formados a frio – Padronização estabelece os requisitos exigíveis dos perfis estruturais de aço formados a frio, com seção transversal aberta. O perfil estrutural de aço formado a frio é obtido por dobramento, em prensa dobradeira, de tiras cortadas de chapas ou bobinas, ou por conformação contínua em conjunto de matrizes rotativas, a partir de bobinas laminadas a frio ou a quente, revestidas ou não, sendo ambas as operações realizadas com o aço em temperatura ambiente.

Para a fabricação dos perfis estruturais formados a frio, devem ser empregadas chapas de aço, laminadas a frio ou a quente, com ou sem revestimento, atendendo ao disposto na NBR 14762:2010, 4.1. e 4.2. As tolerâncias para as chapas devem atender ao disposto nas ABNT NBR 7013 e ABNT NBR 11888. Os perfis estruturais formados a frio devem estar isentos de defeitos que possam comprometer sua eficiência estrutural e a fabricação das estruturas, como rebarbas de corte e marcas profundas de ferramentas.

São admitidas pequenas imperfeições inerentes aos processos de formação a frio, como por exemplo, traços ou raias provenientes do contato da chapa com as matrizes rotativas, ou desprendimento de carepa de laminação, exceto nas chapas revestidas. Nos pedidos de perfis segundo essa norma, o consumidor deve indicar: número dessa norma; quantidade de perfis;c) designação dos perfis cuja série se enquadre na Tabela 1; comprimento dos perfis, informando se padrão ou ajustado; especificação do aço, conforme norma correspondente; tipo de inspeção e ensaio; padrão de tolerância; outros requisitos, quando solicitados.

Os perfis devem ser identificados pelo fabricante com os seguintes dados: número dessa norma; designação dos perfis cuja série se enquadre na Tabela 1; especificação do aço, conforme norma correspondente; processo de conformação; marca do fabricante; outros dados, quando solicitados. Esses dados devem ser pintados ou gravados nos perfis, ou ainda anotados em etiquetas fixadas ao lote dos perfis, de maneira que não possam ser danificadas durante o manuseio e transporte.

Outras formas de identificação também são aceitas, desde que acordado entre o fabricante e o consumidor. Todo perfil que não atender a essa norma, em seu recebimento ou durante sua utilização, deve ser separado. O lote deve ser identificado e o fabricante deve ser notificado. O fabricante pode reparar o perfil recusado, estando este sujeito à nova inspeção conforme essa norma.

FONTE: Equipe Target

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Perfil I estrutural de aço soldado por arco elétrico — Requisitos gerais
NBR5884 de 05/2013

Perfil I estrutural de aço soldado por arco elétrico — Requisitos gerais

Perfis estruturais de aço soldados por alta freqüência (eletrofusão) - Perfis I, H e T - Requisitos
NBR15279 de 01/2021

Perfis estruturais de aço soldados por alta freqüência (eletrofusão) - Perfis I, H e T - Requisitos

Perfis laminados de aço para uso estrutural — Dimensões e tolerâncias
NBR15980 de 07/2020

Perfis laminados de aço para uso estrutural — Dimensões e tolerâncias

Aços estruturais para perfis laminados destinados ao uso naval
NBR7006 de 12/1981

Aços estruturais para perfis laminados destinados ao uso naval