Text page

Como elaborar corretamente os trabalhos acadêmicos e os projetos de pesquisas

Foram publicadas as normas a NBR 14724 – Informação e documentação – Trabalhos acadêmicos – Apresentação e a NBR 15287 – Informação e documentação – Projeto de pesquisa – Apresentação, que são muito importantes para o mundo acadêmico e científico.


10/10/2011 - Equipe Target

Elabore corretamente os trabalhos acadêmicos e os projetos de pesquisas

A produção acadêmica no Brasil vem passando por um crescimento quantitativo e qualitativo e isso pode servir para debates e reflexões: afinal, por que, para quem, o que e como se estão sendo produzidos as pesquisas e os estudos acadêmicos. Na verdade, a produção acadêmica deve ter um caráter científico e pode, muito bem, ser divulgada para além do meio acadêmico, sendo que uma questão não pode excluir a outra. Assim, os trabalhos científicos devem ser divulgados para um público o mais amplo possível. De toda maneira, é positivo o fato de que a produção acadêmica e científica esteja no centro de diversos debates atuais, pois são diversas as análises que demonstram o caráter produtivo da ciência para o capital e para toda a sociedade.

Por isso, em março de 2011, foram publicadas as normas NBR 14724 – Informação e documentação – Trabalhos acadêmicos – Apresentação e a NBR 15287 – Informação e documentação – Projeto de pesquisa – Apresentação, muito importantes para o mundo acadêmico e científico. Enquanto a primeira estabelece os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses, dissertações e outros), visando sua apresentação à instituição (banca, comissão examinadora de professores, especialistas designados e/ou outros), a segunda estabelece os princípios gerais para apresentação de projetos de pesquisa.

Na opinião do presidente da Target Engenharia e Consultoria, Mauricio Ferraz de Paiva, na apresentação de um trabalho acadêmico, conforme especifica a norma, há a necessidade de elementos obrigatórios. “A capa, por exemplo, deve conter as informações na seguinte ordem: nome da instituição (opcional); o nome do autor; o título que deve ser claro e preciso, identificando o seu conteúdo e possibilitando a indexação e recuperação da informação; o subtítulo, se houver, em que deve ser evidenciada a sua subordinação ao título, precedido de dois pontos; o número de volumes: se houver mais de um, deve constar em cada folha de rosto a especificação do respectivo volume; o local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado; o ano de depósito (da entrega)”, diz ele.

“O verso da folha de rosto é um elemento obrigatório. Deve conter os dados de catalogação. Os dados de catalogação devem ser conforme o Código de Catalogação Anglo-Americano vigente. A folha de aprovação também é um elemento obrigatório. Deve ser inserida após a folha de rosto, constituído pelo nome do autor do trabalho, título do trabalho e subtítulo (se houver), natureza, objetivo, nome da instituição a que é submetido, área de concentração, data de aprovação, nome, titulação e assinatura dos componentes da banca examinadora e instituições a que pertencem. A data de aprovação e as assinaturas dos membros componentes da banca examinadora devem ser colocadas após a aprovação do trabalho”, assegura.

O presidente da Target diz, ainda, que a norma recomenda-se fonte tamanho 12 para todo o trabalho, inclusive capa, excetuando-se as citações com mais de três linhas, notas de rodapé, paginação, dados internacionais de catalogação na publicação, legendas e fontes das ilustrações e das tabelas, que devem ser em tamanho menor e uniforme. “Todo texto deve ser digitado ou datilografado com espacejamento 1,5 entrelinhas, excetuando-se as citações de mais de três linhas, notas de rodapé, referências, legendas das ilustrações e das tabelas, natureza do trabalho, objetivo, nome da instituição a que é submetida e área de concentração, que devem ser digitados ou datilografados em espaço simples. As referências, ao final do trabalho, devem ser separadas entre si por um espaço simples em branco”.

Quanto aos projetos de pesquisa, conforme detalha Mauricio Paiva, a sua estrutura compreende: elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais. A folha de rosto é um elemento obrigatório. Deve apresentar as informações na seguinte ordem: nome do autor; título; subtítulo; tipo de projeto de pesquisa e nome da entidade a que deve ser submetido; local (cidade) da entidade onde deve ser apresentado; ano de depósito (da entrega).

Mais informações sobre as normas, clique nos links abaixo:

NBR14724 – Informação e documentação - Trabalhos acadêmicos - Apresentação

NBR15287 – Informação e documentação - Projeto de pesquisa - Apresentação


FONTE: Equipe Target

Anúncio fixo da norma NBRISO9001 Chegou o novo app Target GEDWeb!
Busque e visualize suas normas ABNT NBR NM
Recursos exclusivos de busca, leitura por voz,
acesso off-line, navegação por setor e muito mais!
Produto/Serviço relacionado à NBRISO9001

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Informação e documentação - Número Padrão Internacional de Livro (ISBN)
NBRISO2108 de 08/2006

Informação e documentação - Número Padrão Internacional de Livro (ISBN)

Informação e documentação - Referências - Elaboração
NBR6023 de 11/2018

Informação e documentação - Referências - Elaboração

Informação e documentação - Artigo em publicação periódica técnica e/ou científica - Apresentação
NBR6022 de 05/2018

Informação e documentação - Artigo em publicação periódica técnica e/ou científica - Apresentação