Text page

A classificação do isolamento acústico em edificações

Como deve ser feito o cálculo dos termos de adaptação de espectro? Como fazer a declaração de desempenho dos elementos da edificação? Como é definido o termo de adaptação de espectro, C? Qual é o termo de adaptação de espectro pertinente para diferentes tipos de fonte de ruído? Esses questionamentos estão sendo mostrados na NBR ISO 717-1 de 11/2021 - Acústica — Classificação de isolamento acústico em edificações e elementos de edificações - Parte 1: Isolamento a ruído aéreo.

01/12/2021 - Equipe Target

NBR ISO 717-1 de 11/2021 - Acústica — Classificação de isolamento acústico em edificações e elementos de edificações - Parte 1: Isolamento a ruído aéreo

A NBR ISO 717-1 de 11/2021 - Acústica — Classificação de isolamento acústico em edificações e elementos de edificações - Parte 1: Isolamento a ruído aéreo estabelece as classificações de valor único para isolamento a ruído aéreo nas edificações e nos elementos de edificações, como paredes, pisos, portas e janelas; leva em consideração os diferentes espectros de nível sonoro para várias fontes de ruído, como fontes de ruído internas a uma edificação e fontes de ruído de tráfego externas à edificação, e fornece regras para determinar essas classificações a partir dos resultados das medições realizadas em, por exemplo, bandas de terço oitava ou em bandas de oitava, de acordo com as ISO 10140-2 e NBR ISO 16283-1. As classificações de valor único, de acordo com este Documento, têm por objetivo à classificação do isolamento a ruído aéreo e à simplificação da formulação dos requisitos acústicos nos códigos de edificações.

Uma avaliação adicional de um valor único, em passos de 0,1 dB, é indicada para a expressão da incerteza (exceto para termos de adaptação de espectro). Os valores numéricos exigidos das classificações de valor único são especificados de acordo com necessidades variadas.

As classificações de valor único são baseadas em resultados de medições em bandas de terço de oitava ou em bandas de oitava. Para medições laboratoriais feitas de acordo com a ISO 10140-2, as classificações de valor único são calculadas apenas utilizando bandas de terço de oitava. A classificação dos resultados das medições realizadas por meio de uma faixa de frequências ampliada é tratada no Anexo B.

Confira algumas dúvidas relacionadas a essa norma GRATUITAMENTE no Target Genius Respostas Diretas:

Como deve ser feito o cálculo dos termos de adaptação de espectro?

Como fazer a declaração de desempenho dos elementos da edificação?

Como é definido o termo de adaptação de espectro, C?

Qual é o termo de adaptação de espectro pertinente para diferentes tipos de fonte de ruído?

Os métodos de medição de isolamento a ruído aéreo nos elementos de edificações e nas edificações foram padronizados, por exemplo, nas ISO 10140-2 e NBR ISO 16283-1. O objetivo deste documento é padronizar um método pelo qual os valores dependentes das frequências do isolamento a ruído aéreo possam ser convertidos em um valor único, caracterizando o desempenho acústico.

As referências a normas que fornecem dados para avaliação dos valores únicos são exemplos e, portanto, não estão completas. Os valores obtidos de acordo com, por exemplo, as ISO 10140-2 e NBR ISO 16283-1 são comparados com os valores de referência nas frequências de medição dentro da faixa de 100 Hz a 3.150 Hz para bandas de terço de oitava e 125 Hz a 2 000 Hz para bandas de oitava.

A comparação deve ser realizada conforme especificado nessa norma. Além disso, dois termos de adaptação de espectro devem ser calculados com base em dois espectros típicos dentro da faixa de frequências citada acima. Esses dois termos podem, opcionalmente, ser complementados por termos adicionais de adaptação de espectro (se necessário e se dados medidos estiverem disponíveis) em uma faixa de frequências mais ampla, entre 50 Hz e 5.000 Hz. <para classificação de isolamento a ruído aéreo> valor, em decibéis, da curva de referência a 500 Hz depois de ajustada de acordo com o método especificado neste documento,

Os termos e símbolos da classificação de valor único utilizados dependem do tipo de medição. Exemplos para propriedades de isolamento a ruído aéreo de elementos de edificações estão listados nas tabelas abaixo, para isolamento a ruído aéreo em edificações. Em geral, novas classificações de valor único são derivadas de forma semelhante.

Clique na imagem acima para uma melhor visualização

 

Um desvio desfavorável em uma determinada frequência ocorre quando o resultado das medições é menor que o valor de referência. Somente os desvios desfavoráveis devem ser levados em conta. O valor, em decibéis (ou 1/10 dB para a expressão da incerteza), da curva de referência a 500 Hz, após o ajuste de acordo com este procedimento, é o valor do Rw, R′w, Dn,w ou DnT,w, etc. (ver tabelas acima). Somente os valores de referência nas bandas de oitava devem ser utilizados para a comparação com os resultados das medições em bandas de oitava no campo.

Os termos de adaptação de espectro C e Ctr foram introduzidos na ISO 717-1:1996 (que também incorporou a ISO 717-2:1982) para levar em conta diferentes espectros de fontes de ruído (como ruído rosa e ruído de tráfego rodoviário) e avaliar curvas de isolamento acústico com valores muito baixos em uma única faixa de frequências. (A validade da classificação obtida apenas com a curva de referência é limitada para esses casos).

O termo de adaptação de espectro neste sentido substitui a regra de 8 dB utilizada na ISO 717-1:1982. C e Ctr não foram incluídos como uma classificação de valor único, mas foram incluídos como números separados. Isto foi feito para garantir a continuidade com o sistema de curva de referência e evitar o perigo de confusão de classificações de valor único de mesma magnitude. Além disso, os ensaios interlaboratoriais mostraram que a reprodutibilidade da classificação de valor único com base na curva de referência é um pouco melhor.

FONTE: Equipe Target

Anúncio fixo da norma NBRISO9001 Chegou o novo app Target GEDWeb!
Busque e visualize suas normas ABNT NBR NM
Recursos exclusivos de busca, leitura por voz,
acesso off-line, navegação por setor e muito mais!
Produto/Serviço relacionado à NBRISO9001

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Acústica - Medição de ruído emitido por veículos rodoviários automotores em aceleração - Método de engenharia
NBR15145 de 10/2004

Acústica - Medição de ruído emitido por veículos rodoviários automotores em aceleração - Método de engenharia

Acústica - Medição e avaliação de níveis de pressão sonora provenientes de sistemas de transportes - Parte 2: Sistema de transporte aéreo
NBR16425-2 de 12/2020

Acústica - Medição e avaliação de níveis de pressão sonora provenientes de sistemas de transportes - Parte 2: Sistema de transporte aéreo

Ensaios não destrutivos - Emissão acústica - Detecção de corrosão em fundos de tanques metálicos de armazenamento
NBR16997 de 09/2021

Ensaios não destrutivos - Emissão acústica - Detecção de corrosão em fundos de tanques metálicos de armazenamento

Acústica - Medição de campo do isolamento acústico nas edificações e nos elementos de edificações - Parte 1: Isolamento a ruído aéreo
NBRISO16283-1 de 12/2018

Acústica - Medição de campo do isolamento acústico nas edificações e nos elementos de edificações - Parte 1: Isolamento a ruído aéreo

Ensaio não destrutivo - Emissão acústica - Procedimento para ensaios em guindastes articulados hidráulicos com ou sem cesto acoplado
NBR16601 de 12/2021

Ensaio não destrutivo - Emissão acústica - Procedimento para ensaios em guindastes articulados hidráulicos com ou sem cesto acoplado

Ensaio não destrutivo - Emissão acústica - Procedimento para ensaios em digger derricks isolados e não isolados
NBR16793 de 09/2019

Ensaio não destrutivo - Emissão acústica - Procedimento para ensaios em digger derricks isolados e não isolados

Ensaios não destrutivos - Ensaio de emissão acústica - Determinação da reprodutibilidade da resposta do sensor de emissão acústica
NBR15361 de 01/2015

Ensaios não destrutivos - Ensaio de emissão acústica - Determinação da reprodutibilidade da resposta do sensor de emissão acústica

Acústica - Terminologia
NBR16313 de 11/2014

Acústica - Terminologia

Acústica - Medição de parâmetros de acústica de salas - Parte 2: Tempo de reverberação em salas comuns
NBRISO3382-2 de 06/2017

Acústica - Medição de parâmetros de acústica de salas - Parte 2: Tempo de reverberação em salas comuns

Ensaios nãos destrutivos - Emissão acústica - Detecção e localização de descargas parciais e anomalias mecânicas (DPAM) em subestação isolada à gás
NBR16926 de 11/2020

Ensaios nãos destrutivos - Emissão acústica - Detecção e localização de descargas parciais e anomalias mecânicas (DPAM) em subestação isolada à gás

Veículos rodoviários automotores — Buzinas — Requisitos acústicos
NBR5535 de 03/2011

Veículos rodoviários automotores — Buzinas — Requisitos acústicos

Acústica - Medição de parâmetros de acústica de salas - Parte 1: Salas de espetáculos
NBRISO3382-1 de 06/2017

Acústica - Medição de parâmetros de acústica de salas - Parte 1: Salas de espetáculos

Veículos rodoviários automotores - Acústica - Método para determinação do ruído do ventilador do sistema de arrefecimento do motor com o veículo parado, para veículos da categoria M3
NBR16910 de 04/2021

Veículos rodoviários automotores - Acústica - Método para determinação do ruído do ventilador do sistema de arrefecimento do motor com o veículo parado, para veículos da categoria M3

Acústica - Medição de parâmetros de acústica de salas - Parte 3: Escritórios de planta livre
NBRISO3382-3 de 06/2017

Acústica - Medição de parâmetros de acústica de salas - Parte 3: Escritórios de planta livre

Acústica — Determinação in situ da perda por inserção de todos os tipos de barreiras acústicas para ambientes externos
NBRISO10847 de 11/2021

Acústica — Determinação in situ da perda por inserção de todos os tipos de barreiras acústicas para ambientes externos

Ensaios não destrutivos — Emissão acústica — Caracterização do sistema de medição
NBR15360 de 05/2020

Ensaios não destrutivos — Emissão acústica — Caracterização do sistema de medição

Acústica — Classificação de isolamento acústico em edificações e elementos de edificações - Parte 1: Isolamento a ruído aéreo
NBRISO717-1 de 11/2021

Acústica — Classificação de isolamento acústico em edificações e elementos de edificações - Parte 1: Isolamento a ruído aéreo

Acústica - Medição de campo do isolamento acústico nas edificações e nos elementos de edificações - Parte 3: Isolamento de fachada a ruído aéreo
NBRISO16283-3 de 03/2021

Acústica - Medição de campo do isolamento acústico nas edificações e nos elementos de edificações - Parte 3: Isolamento de fachada a ruído aéreo

Acústica - Medição e avaliação de níveis de pressão sonora em áreas habitadas - Aplicação de uso geral
NBR10151 de 05/2019

Acústica - Medição e avaliação de níveis de pressão sonora em áreas habitadas - Aplicação de uso geral

Acústica - Medição e avaliação de níveis de pressão sonora provenientes de sistemas de transportes - Parte 1: Aspectos gerais
NBR16425-1 de 04/2016

Acústica - Medição e avaliação de níveis de pressão sonora provenientes de sistemas de transportes - Parte 1: Aspectos gerais

Acústica - Medição de campo do isolamento acústico nas edificações e nos elementos de edificações - Parte 2: Isolamento a ruído de impacto
NBRISO16283-2 de 11/2021

Acústica - Medição de campo do isolamento acústico nas edificações e nos elementos de edificações - Parte 2: Isolamento a ruído de impacto

Acústica — Medição de nível de pressão sonora de equipamentos prediais de edificações - Método de engenharia
NBRISO16032 de 04/2020

Acústica — Medição de nível de pressão sonora de equipamentos prediais de edificações - Método de engenharia

Ensaio não destrutivo - Emissão acústica - Procedimento para ensaio em cestas aéreas isoladas e não isoladas
NBR16593 de 04/2017

Ensaio não destrutivo - Emissão acústica - Procedimento para ensaio em cestas aéreas isoladas e não isoladas

Acústica — Medições em campo de isolamento a ruído aéreo e de impacto e de sons de equipamentos prediais - Método simplificado
NBRISO10052 de 04/2020

Acústica — Medições em campo de isolamento a ruído aéreo e de impacto e de sons de equipamentos prediais - Método simplificado

Acústica — Medição e avaliação de níveis de pressão sonora provenientes de sistemas de transportes - Parte 4: Sistema ferroviário
NBR16425-4 de 06/2020

Acústica — Medição e avaliação de níveis de pressão sonora provenientes de sistemas de transportes - Parte 4: Sistema ferroviário