Text page

Curso pela internet e no GEDWEB: NR 10 - Atendendo às exigências do Ministério do Trabalho - Reciclagem Obrigatória

Esse curso tem o objetivo de atender às exigências da Norma Regulamentadora 10 – especificamente no que diz respeito aos requisitos que estabelecem a necessidade de treinamentos de reciclagem que devem ocorrer periodicamente aos trabalhadores já autorizados a intervir em instalações elétricas.

16/01/2014 - Equipe Target

NR 10 – Reciclagem obrigatória

Esse curso, ministrado por Luis Fernando Zecchin, tem o objetivo de atender às exigências da NR 10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade, do Ministério do Trabalho e Emprego, a qual estabelece os requisitos e as diretrizes básicas para a implantação de medidas de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que direta ou indiretamente interagem e supervisionam equipes de profissionais em instalações elétricas e serviços com eletricidade, especificamente no que diz respeito aos requisitos que estabelecem a necessidade de treinamentos de reciclagem que devem ocorrer periodicamente aos trabalhadores já autorizados a intervir em instalações elétricas. Para mais informações e compra do treinamento, clique no link:

NR 10 - Atendendo às exigências do Ministério do Trabalho - Reciclagem Obrigatória - Disponível pela Internet - Ministrado em 21/10/2013
O curso tem o objetivo de atender às exigências da Norma Regulamentadora 10 (NR 10) – especificamente no que diz respeito aos requisitos que estabelecem a necessidade de treinamentos de reciclagem que devem ocorrer periodicamente aos trabalhadores já autorizados a intervir em instalações elétricas.

A NR 10 estabelece os requisitos e condições mínimas objetivando a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que, direta ou indiretamente, interajam em instalações elétricas e serviços com eletricidade. Ela se aplica às fases de geração, transmissão, distribuição e consumo, incluindo as etapas de projeto, construção, montagem, operação, manutenção das instalações elétricas e quaisquer trabalhos realizados nas suas proximidades, observando-se as normas técnicas oficiais estabelecidas pelos órgãos competentes e, na ausência ou omissão destas, as normas internacionais cabíveis.

Importante saber que um Sistema Elétrico de Potência (SEP) para fins de aplicação da NR 10 ainda causa bastante polêmica, mas a norma apresenta uma definição em seu glossário que não deixa dúvidas sobre a correta interpretação de sua utilização dentro do texto regulamentador. Segundo esse glossário, sistema elétrico de potência é o conjunto das instalações e equipamentos destinados à geração, transmissão e distribuição de energia elétrica até a medição, inclusive.

Sendo assim, para a NR 10, o sistema elétrico de potência se encerra no ponto de entrega de energia ao consumidor. Por outro lado, o trabalho realizado em proximidade também é objeto do glossário, que o define como aquele durante o qual o trabalhador pode entrar na zona controlada, ainda que seja com uma parte do seu corpo ou com extensões condutoras, representadas por materiais, ferramentas ou equipamentos que manipule.

As medidas de controle básicas estabelecidas pela NR 10 estão especificadas no item 10.2, em todas as intervenções em instalações elétricas devem ser adotadas medidas preventivas de controle do risco elétrico e de outros riscos adicionais, mediante técnicas de análise de risco, de forma a garantir a segurança e a saúde no trabalho. Elas devem integrar-se às demais iniciativas da empresa, no âmbito da preservação da segurança, da saúde e do meio ambiente do trabalho. As empresas estão obrigadas a manter esquemas unifilares atualizados das instalações elétricas dos seus estabelecimentos com as especificações do sistema de aterramento e demais equipamentos e dispositivos de proteção.

Os esquemas unifilares (também chamados de diagramas unifilares) são desenhos técnicos que representam de forma simplificada o sistema elétrico da empresa, desde a origem da instalação até os quadros de distribuição de circuitos. Nesses esquemas, estão identificadas as características elétricas (tensão, corrente nominal, potência, etc.) de transformadores, cabos, dispositivos de manobra e proteção de circuitos. Trata-se de um documento técnico especializado e, portanto, deve ser elaborado por um profissional habilitado, assim considerando aquele que atende ao estabelecido no item 10.8 desta NR, isto é, um técnico de nível médio ou engenheiro eletricista.

Além disso, os estabelecimentos com carga instalada superior a 75 kW, de acordo com o item 10.2.4, devem constituir e manter o Prontuário de Instalações Elétricas, contendo, além do disposto no subitem 10.2.3, no mínimo: conjunto de procedimentos e instruções técnicas e administrativas de segurança e saúde, implantadas e relacionadas a esta NR e descrição das medidas de controle existentes; documentação das inspeções e medições do sistema de proteção contra descargas atmosféricas e aterramentos elétricos; especificação dos equipamentos de proteção coletiva e individual e o ferramental, aplicáveis conforme determina esta NR; documentação comprobatória da qualificação, habilitação, capacitação, autorização dos trabalhadores e dos treinamentos realizados; resultados dos testes de isolação elétrica realizados em equipamentos de proteção individual e coletiva; certificações dos equipamentos e materiais elétricos em áreas classificadas; e relatório técnico das inspeções atualizadas com recomendações, cronogramas de adequações, contemplando as alíneas de “a” a “f”.

FONTE: Equipe Target

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Intercâmbio de informações para sistemas de medição de energia elétrica
NBR14522 de 04/2008

Intercâmbio de informações para sistemas de medição de energia elétrica

Qualificação e certificação de eletricista de manutenção - Requisitos
NBR15152 de 01/2015

Qualificação e certificação de eletricista de manutenção - Requisitos

Equipamentos de medição de eletricidade - Confiabilidade - Ensaio de confiabilidade Vidaacelerada por umidade e temperatura
NBR16078 de 12/2016

Equipamentos de medição de eletricidade - Confiabilidade - Ensaio de confiabilidade Vidaacelerada por umidade e temperatura

Caixa para medidor de energia elétrica - Requisitos
NBR15820 de 12/2018

Caixa para medidor de energia elétrica - Requisitos

Sistemas elétricos de potência
NBR5460 de 04/1992

Sistemas elétricos de potência