Text page

NBR ISO 16486: os requisitos para as tubulações plásticas de gases combustíveis

As partes 1, 2 e 3 dessa norma trata dos requisitos obrigatórios a serem cumpridos pelos sistemas de tubulações plásticas para o fornecimento de gases combustíveis.

04/11/2013 - Equipe Target

Tubulações plásticas para gases combustíveis

A NBR ISO 16486-1 de 08/2013 - Sistemas de tubulações plásticas para fornecimento de gases combustíveis - Sistemas de tubos de poliamida não plastificada (PA-U) com união por solda e união mecânica - Parte 1: Generalidades especifica as propriedades gerais dos compostos de poliamida não plastificada (PA-U) para fabricação de tubos, conexões e válvulas feitas desses compostos, para serem enterrados e usados no fornecimento de gases combustíveis. Essa parte especifica também os parâmetros de ensaios para os métodos de ensaios aos quais estes se referem.

É aplicável a sistemas de tubos PA-U cujos componentes sejam conectados por união por solda e/ou união mecânica. Esta parte estabelece o cálculo e o esquema de projeto no qual se baseia a máxima pressão de operação (MPO) de um sistema de tubulação PA-U.

A NBR ISO 16486-2 de 08/2013 - Sistemas de tubulações plásticas para fornecimento de gases combustíveis - Sistemas de tubos de poliamida não plastificada (PA-U) com união por solda e união mecânica - Parte 2: Tubos especifica as propriedades gerais dos compostos de poliamida não plastificados (PA-U), de acordo com a NBR ISO 16486-1, para serem enterrados e usados no fornecimento de gases combustíveis. Especifica também os parâmetros de ensaios para os métodos de ensaios aos quais ela se refere.

É aplicável a sistemas de tubos PA-U cujos componentes sejam conectados por união por solda e/ou união mecânica. Adicionalmente, estabelece características dimensionais e requisitos para marcação de tubos. Tubos conforme esta Parte são unidos tipicamente, utilizando técnicas mecânicas, eletrofusão ou solda de topo (ver Anexo A), mas não por união por adesivo plástico.

A NBR ISO 16486-3 de 08/2013 - Sistemas de tubulações plásticas para fornecimento de gases combustíveis - Sistemas de tubos de poliamida não plastificada (PA-U) com união por solda e/união mecânica - Parte 3: Conexões especifica as propriedades físicas e mecânicas de conexões feitas com poliamida não plastificada (PA-U), de acordo com a NBR ISO16486-1, destinadas para serem enterradas e usadas no fornecimento de gases combustíveis. Especifica também os parâmetros de ensaios para os métodos de ensaios aos quais estes se referem.

É aplicável a sistemas de tubulações de PA-U cujos componentes são conectados por união por solda e/ou união mecânica. Adicionalmente, ela define as características dimensionais e requisitos para a marcação das conexões. Em conjunto com outras partes da NBRISO16486, é aplicável às conexões de PA-U, suas uniões, uniões com componentes de PA-U e uniões com conexões mecânicas de outros materiais, e aos seguintes tipos de conexões: - Conexões por solda - conexões de eletrofusão e conexões para solda de topo; - Conexões de transição.

Essa norma sob o título geral “Sistemas de tubulações plásticas para fornecimento de gases combustíveis — Sistemas de tubos de poliamida não plastificada (PA-U) com união por solda e união mecânica”, tem previsão de conter as seguintes partes: Parte 1: Generalidades; Parte 2: Tubos; Parte 3: Conexões; Parte 5: Adequação para a finalidade do sistema; e Parte 6: Código de prática para projeto, manuseio e instalação. Os tubos de poliamida não plastificada (PA-U) de espessura de parede fina e uniões por adesivos plásticos são usualmente aplicados em baixas pressões, enquanto tubos com maiores espessuras de parede e uniões por solda de topo, eletrofusão ou mecânicas normalmente são utilizados em altas pressões.

Por razões técnicas e de segurança, não é possível misturar os componentes dos dois tipos de sistemas de tubulação (tubos de espessura de parede fi na não podem ser unidos por solda de topo ou uniões mecânicas e vice-versa). Em particular, uniões por adesivos plásticos não podem ser utilizadas para sistemas de tubulação de alta pressão.

Então, por enquanto, o programa de normalização relacionado a sistemas de tubulação de poliamida não plastificada (PA-U) para condução de gás combustível foi dividido em duas séries de normas, uma série (ISO 17467) cobrindo os sistemas de tubulação cujos componentes são conectados por uniões por adesivos plásticos e a outra (ISO 16486) cujos componentes são conectados por união por solda e/ou união mecânica. Quando uma maior experiência de campo for obtida, pode ser razoável a junção entre a série ISO 17467 e a série ISO 16486 em uma única série aplicável aos sistemas de tubulação em PA-U. Uma série similar (ISO 17135) para sistemas de tubulação de poliamida plastificada (PA-P), unidos por solda ou mecanicamente, está em preparação.

FONTE: Equipe Target

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Rede de distribuição interna para gás combustível em instalações de uso não residencial de até 400 kPa — Projeto e execução
NBR15358 de 10/2020

Rede de distribuição interna para gás combustível em instalações de uso não residencial de até 400 kPa — Projeto e execução

Manuseio, armazenamento e assentamento de tubulações de poli (cloreto de vinila) não plastificado (PVC-U) para transporte de água e de tubulações de poli (cloreto de vinila) não plastificado orientado (PVC-O) para transporte de água ou esgoto sob pressão positiva
NBR9822 de 03/2012

Manuseio, armazenamento e assentamento de tubulações de poli (cloreto de vinila) não plastificado (PVC-U) para transporte de água e de tubulações de poli (cloreto de vinila) não plastificado orientado (PVC-O) para transporte de água ou esgoto sob pressão positiva

Indústrias de petróleo e gás natural — Tubulação de compósito - Parte 2: Qualificação e fabricação
NBR15921-2 de 11/2021

Indústrias de petróleo e gás natural — Tubulação de compósito - Parte 2: Qualificação e fabricação