Text page

IEC 62031 ed1.1: as especificações de segurança para iluminação LED

Essa norma internacional especifica os requisitos gerais e de segurança para a iluminação feita com diodos emissores de luz (LED- light-emitting diode).


29/11/2012 - Equipe Target

A iluminação LED

A IEC 62031 ed1.1 (clique no link para mais informações) contém os requisitos gerais e de segurança para mais diversos módulos de iluminação LED, para uso em corrente contínua com tensão de até 250 V ou em corrente alternada sob tensão de até 1 000 V, 50 Hz ou 60 Hz. Essa nova versão de 2012 traz alterações da primeira edição de 2008. Importante dizer que o light-emitting diode (LED é um componente eletrônico, mais precisamente, um diodo semicondutor. O funcionamento do LED é relativamente simples, sendo que ao receber energia ele emite luz. Diferente da maioria dos componentes eletrônicos, que liberam energia através do calor, o LED consegue liberar a energia excedente na forma de luz. Antigamente, os LEDs só emitiam luzes coloridas, porque tinham uma carcaça colorida, a qual quando iluminada pelo raio produzido pelo LED, fornecia uma cor específica.

Com a evolução do processo de construção do LED, estes componentes passaram a emitir luzes em cores diferentes, mesmo tendo uma carcaça transparente. Além disso, surgiram os LEDs capazes de reproduzir várias cores, sendo assim, um mesmo componente poderia criar centenas ou até milhares de cores diferentes. Claro que para isso, a tecnologia no componente evoluiu muito, mas o modo de funcionamento continuou quase o mesmo. Através de um controle de alta precisão na corrente elétrica, o LED consegue emitir tonalidades de cores diferentes, o que se tornou um fator muito importante para as novas tecnologias que têm aderido este pequenino item da eletrônica.

A primeira edição dessa norma de segurança, para módulos LED para aplicações de iluminação geral, reconheceu a necessidade de testes relevantes para esta nova fonte de luz elétrica, por vezes chamado de "iluminação de estado sólido". As disposições contidas na norma representam o conhecimento técnico de especialistas das áreas da indústria de semicondutores e os das fontes luminosas elétricas tradicionais. Dois tipos de módulos de LED são abordados: com equipamento de controle integrante e externo. Assim, essa norma especifica os requisitos gerais e de segurança para diodo emissor de luz sem equipamento de controle integrante para operação sob tensão constante ou para uso em corrente contínua sob tensão de até 250 V de corrente alternada ou abastecimento até 1 V 000 a 50 Hz ou 60 Hz.

Enfim, atualmente, os LEDs fazem vários trabalhos e são encontrados em todos os tipos de aparelhos. Eles formam os números em relógios digitais , transmitem informações de controles remotos, iluminam relógios e informam quando suas ferramentas estão ligadas. Agrupados, eles podem formar imagens em uma tela de televisão gigante ou lâmpada incandescente normal. Basicamente, os LEDs são lâmpadas pequenas que se ajustam facilmente em um circuito elétrico. Mas diferentes de lâmpadas incandescentes comuns eles não têm filamentos que se queimam e não ficam muito quentes. Além disso eles são iluminados somente pelo movimento de elétrons em um material semicondutor, e duram tanto quanto um transistor padrão.

Conteúdo da norma
PREFÁCIO
INTRODUÇÃO
1 Escopo
2 Referências normativas
3 Termos e definições
4 Requisitos gerais
5 Requisitos gerais para ensaio
6 Classificação
7 Marcação
7.1 Marcação obrigatória para módulos embutidos ou independente
7.2 Localização de marcação
7.3 Durabilidade e a legibilidade da marcação
8 Terminais
9 Provisões para aterramento de proteção
10 Proteção contra contato acidental com as partes vivas
11 Resistência à umidade e isolamento
12 Resistência elétrica
13 As condições de falha
13.1 Geral
13,2 Condição de sobrepotência
14 testes de conformidade durante a fabricação
15 Construção
16 Distâncias de fuga e folgas
17 Parafusos, condutores peças e conexões
18 Resistência ao fogo, calor e rastreabilidade
19 A resistência à corrosão
20 Informação para o projeto de luminária
21 Gerenciamento de calor
21.1 Geral
21.2 Películas e colagem condutoras de calor
21.3 Proteção contra o calor (em estudo)
21.4 Construção
Anexo A (normativo) Testes
Anexo B (informativo) Módulos compostos de LED e equipamentos de controle
Anexo C (informativo) Ensaios de conformidade durante a fabricação
Anexo D (informativo) Informação para o projeto da luminária

Bibliografia

FONTE: Equipe Target

Anúncio fixo da norma NBRISO9001 Chegou o novo app Target GEDWeb!
Busque e visualize suas normas ABNT NBR NM
Recursos exclusivos de busca, leitura por voz,
acesso off-line, navegação por setor e muito mais!
Produto/Serviço relacionado à NBRISO9001

Baseado nos documentos visitados

Normas recomendadas para você

Sinalização semafórica viária — Módulo semafórico com base em diodos emissores de luz (LED) — Requisitos e métodos de ensaio
NBR15889 de 06/2019

Sinalização semafórica viária — Módulo semafórico com base em diodos emissores de luz (LED) — Requisitos e métodos de ensaio

Dispositivo de controle eletrônico da lâmpada - Parte 2-13: Requisitos particulares para dispositivos de controle eletrônicos alimentados em c.c ou c.a para os módulos de LED
NBRIEC61347-2-13 de 12/2020

Dispositivo de controle eletrônico da lâmpada - Parte 2-13: Requisitos particulares para dispositivos de controle eletrônicos alimentados em c.c ou c.a para os módulos de LED